Alergia à prótese de silicone: esse problema pode acontecer?

Inchaço, queimação, alterações na textura da pele. Quem já teve qualquer reação alérgica, sabe o desconforto que esse problema traz. Mas será que é possível ter alergia à prótese de silicone? Isso é o que você vai saber agora!

Você sabe o que é uma reação alérgica?

Todos os dias, nosso corpo é exposto a uma série de substâncias. Assim, a poeira, produtos de limpeza, perfumes, pólen de flores, entre outros alérgenos, fazem parte da nossa rotina.

A maioria das pessoas tem contato com essas substâncias sem nenhum problema. Porém, em algumas delas, o corpo entende que esse contato é uma agressão ao organismo.

Então, o sistema imunológico prepara uma reação de combate. No entanto, ele exagera na força da ação de defesa. Dessa forma, ele ataca os tecidos do próprio corpo, causando desde reações leves a problemas graves.

É possível ter alergia à prótese de silicone?

Os médicos não sabem exatamente por que algumas pessoas nascem ou se tornam alérgicas a determinadas substâncias (alimentos, cheiros, flores…). Porém, sabe-se que é uma característica de cada indivíduo.

Há muitos anos, a comunidade médica e científica estuda a possibilidade de haver uma alergia à prótese de silicone. Afinal, quando se trata de saúde, é importante tomar todos os cuidados.


Aumentar os Seios

Porém, depois de todos os estudos realizados, a comunidade médica e científica não reconhece esse tipo de alergia. Ou seja, do ponto de vista científico, não existe comprovação de uma reação alérgia à prótese de silicone.

Por isso, mesmo que um número ínfimo de mulheres relate cansaço, dores no peito e cabeça, perda de cabelo, insônia e sensibilidade à luz e acredite que esses sintomas são causados pelo silicone, os médicos afirmam que esse desconforto, na verdade, é causado por fatores que elas desconhecem.

Qual é a probabilidade de uma reação alérgica como essa?

A probabilidade de uma reação alérgica à prótese de silicone é baixíssima. Afinal, trata-se de um produto considerado extremamente biocompatível, ou seja, que não agride os tecidos do corpo.

Além disso, por se tratar de um objeto estranho no corpo, existe uma reação inicial do organismo. Ele forma uma fina cápsula com bastante colágeno em volta da prótese, criando um isolamento natural.

Na maioria das mulheres que usam implantes fabricados recentemente, essa cápsula é bem fininha. Apenas em um número muito pequeno de pacientes essa camada se torna mais espessa ao longo do tempo, levando à contratura capsular.

Mesmo se você tem alergia a algum produto de silicone (um cosmético, por exemplo), isso não significa que você terá uma reação alérgica à prótese. Afinal, a prótese é feita com um polímero de silicone, bem diferente do que é usado na indústria.

Além disso, os órgãos de vigilância exigem todo um cuidado para a fabricação de um produto como esse. Eles analisam pureza do material, resistência e outros critérios bastante rígidos.

Entendeu por que as chances de ter uma alergia à prótese de silicone são praticamente inexistentes? Ainda tem alguma dúvida? Então, deixe sua pergunta nos comentários e nós responderemos com prazer!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!



Silicone Center

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Turbinar ou não turbinar

Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Simulador de Próteses de Silicone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *