Como deixar a cicatriz da mamoplastia praticamente invisível?

Como fica a cicatriz da mamoplastia? Esta é a dúvida de muitas pacientes que chegam ao consultório ansiosas pelo resultado.

Afinal, ninguém quer ficar com uma cicatriz escura, em alto relevo, que ultrapassa as bordas da incisão.

O desejo é sempre ficar com uma cicatriz bem discreta, fininha, que possa ser escondida sob a roupa ou sob as próprias dobras da pele.

Se você também tem este receio, fique calma! A Medicina evoluiu tanto que, atualmente, é possível ficar com uma cicatriz praticamente invisível.

Quer saber como? Então, continue a leitura! Vamos falar dos truques e técnicas usados durante a cirurgia e também dos cuidados no pós-operatório. Confira!

Cicatriz da mamoplastia: truques e técnicas para deixá-la imperceptível

A cicatriz da mamoplastia já tende a ficar naturalmente escondida. Afinal, as incisões geralmente realizadas pelo médico ficam nos seguintes locais:

  • sulco inframamário (dobra abaixo do seio);
  • contorno da aréola;
  • axilas.

Vale lembrar que a paciente fica com incisões em apenas um desses lugares, e não nos três. O médico opta por um deles para inserir a prótese.

Agora que você já sabe em que locais de corpo ficam as cicatrizes da mamoplastia, vamos falar sobre as técnicas para deixá-la fininha?

Sabemos que a cicatrização é um processo bastante individual. Portanto, o resultado pode variar bastante.

No entanto, é possível deixar a cicatriz mais bonita com algumas atitudes da paciente e com técnicas utilizadas de acordo com a necessidade.

Veja quais são essas opções!

1. Verifique a possibilidade de usar cola cirúrgica

A cola cirúrgica é uma etapa opcional de finalização da cirurgia. Ela pode deixar sua cicatriz da mamoplastia ainda mais bonita e discreta.

Depois dos pontos na camada mais superficial da pele, o médico aplica uma fita sobre a incisão. Então, ele cobre a fita com uma cola.

No início, esta cola é líquida. Depois, ela vai ficando mais viscosa e, finalmente, forma uma barreira que protege a cicatriz.

Como resultado, a cicatriz da mamoplastia sofre muito menos tensões. Isso evita o rompimento de pontos e acelera a cicatrização, entre outros benefícios.

Além de tudo isso, o próprio pós-operatório fica mais tranquilo para a paciente. Ela sabe que existe uma chance menor de complicações e que sua incisão está bem protegida.

Então, converse com seu médico sobre a possibilidade de usar a cola cirúrgica. Aqui no Silicone Center, nós já utilizamos esta aliada da boa cicatrização.

Se quiser saber mais sobre a cola cirúrgica, basta clicar neste link.

2. Fuja do cigarro para acelerar a cicatrização

Esta é uma dica simples, mas que faz uma enorme diferença na cicatrização.

O cigarro, entre outros problemas que traz ao corpo, dificulta a circulação sanguínea e a nutrição das células.

Assim, as células não recebem uma quantidade suficiente nem de oxigênio e nem de nutrientes, o que dificulta a recuperação dos tecidos.

Isso torna o processo de recuperação mais lento e pode deixar a cicatriz mais feia.


Aumentar os Seios

Portanto, se você deseja ter uma cicatriz da mamoplastia bem bonita, pare de fumar o mais rápido possível.

Os médicos recomendam um intervalo de pelo menos um mês antes do procedimento e um mês depois.

Porém, você já sabe que quanto mais tempo ficar sem fumar, melhor será para sua saúde e para sua cicatrização.

3. Alimente-se de forma adequada

Nossas células se formam ou se recuperam a partir dos nutrientes que colocamos em nosso corpo.

E a forma como nós conseguimos esses nutrientes é por meio da alimentação. Portanto, quanto melhor a qualidade deles, melhor a cicatrização.

Para ter uma boa cicatrização, dê preferência a alimentos construtores. As proteínas de alto valor biológico são um bom exemplo.

Assim, as carnes magras, com pouca gordura, devem estar no cardápio. Além disso, coma oleaginosas e feijões de vários tipos.

perguntas frquentes prótese de silicone

Também vale a pena investir em alimentos antioxidantes, que combatem os radicais livres. Então, coma bastante frutas e verduras.

Por outro lado, existem alimentos que dificultam a cicatrização, como gorduras, açúcar,  doces e produtos com sódio.

Portanto, evite-os durante a recuperação para aumentar as chances de ter uma cicatriz fininha e discreta.

4. Use fita de silicone se houver prescrição médica

A fita de silicone também é uma aliada da cicatriz bonita. Afinal, ela umedece e comprime a região, equilibrando a produção de colágeno.

Esse equilíbrio na produção de colágeno é um dos fatores que evita que a cicatriz transborde além dos limites da incisão.

Por isso, a fita de silicone costuma ser prescrita quando há cicatriz hipertrófica ou formação de queloides.

Porém, fique atenta! Não use a fita de silicone se o médico não prescrevê-la. Ela é excelente para alguns casos, mas prejudica a cicatrização em outros.

Entenda da seguinte forma: se a cicatriz está passando dos limites, ela precisa de um “freio”.  Assim, a fita faz o papel deste freio.

No entanto, se a cicatriz está evoluindo da forma correta, ela não precisa de freio. Neste caso, a fita de silicone atrasará a cicatrização e causará complicações.

Então, siga as recomendações do seu médico. Ele é o profissional que avalia sua evolução e está apto a prescrever ou não qualquer recurso.

5. Tratamentos estéticos para cicatriz da mamoplastia

Se as técnicas e truques normais não forem suficientes, isso significa que você provavelmente tem um perfil de cicatrização mais complicado.

Porém, não fique preocupada. Felizmente, existem diversas técnicas para tratamentos de cicatrizes hipertróficas ou com queloides. Veja a seguir:

Injeção de corticoide

Este é um tratamento já bastante conhecido. Afinal, este medicamento ameniza os queloides e deixa a cicatriz mais plana.

É muito importante fazer o acompanhamento com o médico após a cirurgia.

Assim, aos primeiros sinais de uma cicatrização irregular, ele prescreverá o tratamento.

Radioterapia na cicatriz da mamoplastia

Na radioterapia ou betaterapia, o especialista aplica uma quantidade de radiação muito baixa no local da cicatriz. Então, ela reduz sua espessura.

Assim, quando o médico sabe que a paciente tem tendência a queloide, ele pode indicar betaterapia a partir do segundo dia da cirurgia.

A betaterapia é um tratamento bastante eficaz. Por isso, ela costuma ser muito usada no tratamento de queloide e cicatrizes.

Fluorouracil

Este é um nome desconhecido e complicado. Porém, ele se refere a um medicamento utilizado em tumores e também no tratamento de queloide.

Em alguns casos, o médico prescreve seu uso associado aos corticoides e à terapia com laser.  Assim, seu efeito tem mais resultado.

Aplicação de laser na cicatriz da mamoplastia

Existem vários tipos de laser e, felizmente, pelo menos quatro deles podem contribuir para uma cicatriz mais bonita:

  • PDL: laser de corante pulsado;
  • fCO2: laser de dióxido de carbono fracionado;
  • laser alexandrite ou laser díodo;
  • IPL: luz intensa de pulso.

Como você pode ver, existem diversas opções de tratamento. Então, mesmo os casos mais complexos têm solução.

No entanto, a verdade é que a maioria das pacientes que coloca silicone precisa apenas realizar o básico.

Afinal, cumprir o repouso, alimentar-se bem e seguir as recomendações para o pós-operatório já facilita muito a recuperação.

Quer saber mais sobre a prótese de silicone e sua recuperação? Então, baixe nosso e-book gratuito e tenha todas as informações sobre o procedimento.

 

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Aumento de Mamas Silicone Center


Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar uma turbinada? Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:


    (Preencha, envie e aguarde a confirmação)


    Simulador de Próteses de Silicone Agendar Consulta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *