Colocar prótese de silicone: você está apta?

Fale Conosco Pelo Whatsapp
Nos ajude e Avalie Este Post !

Hoje em dia, ter seios fartos e sensuais é uma possibilidade ao alcance da maioria das mulheres. No entanto, existem algumas poucas restrições que impedem uma paciente de colocar prótese de silicone.

Quer saber que restrições são essas e por que elas impedem a realização da cirurgia? Então, continue a leitura! Você vai descobrir quais são os fatores que podem levar o médico a recomendar o adiamento a não realização da mamoplastia de aumento.

Fatores que impedem a mulher de colocar prótese de silicone

1. Imaturidade das mamas

Algumas adolescentes realmente têm pouquíssimo peito e sonham em solucionar esse problema rapidamente. No entanto, não é recomendável colocar silicone antes do desenvolvimento das mamas, que dificilmente ocorre antes dos 16 anos.

2. Gravidez

Procedimentos cirúrgicos e o uso de medicamentos podem trazer risco à saúde do bebê. Por isso, os médicos não realizam esse tipo de intervenção em mulheres grávidas.

Além disso, durante a gravidez acontecem muitas mudanças hormonais e fisiológicas. As mamas geralmente aumentam de volume nesse período e o corpo, como um todo, tem seu formato alterado. Assim, o resultado da cirurgia seria facilmente perdido.

Portanto, nesse caso é melhor segurar um pouquinho essa vontade de colocar silicone. Curta sua gravidez e o bebê, deixando o procedimento para depois da amamentação.

3. Amamentação

Essa é outra condição que faz com que os médicos não aconselhem colocar prótese de silicone. A prótese de silicone, quando colocada antes da gestação, não impede a mulher de amamentar. Também não existe nenhum risco para o bebê.

No entanto, a prótese não deve ser colocada durante a amamentação. Os cuidados pós-operatórios impediriam a alimentação do bebê.

Além disso, as mamas mudam seu volume durante a amamentação e mesmo nos meses seguintes ao seu encerramento.

Dessa forma, para planejar o volume necessário para atender às expectativas da paciente com precisão, é necessário esperar pelo menos 6 meses após a amamentação.

4. Saúde debilitada

Existem doenças que impedem a realização da mamoplastia de aumento. Em alguns casos, o procedimento pode ser feito depois de um tratamento para solucionar ou amenizar os problemas de saúde. Em outras situações, os médicos realmente não recomendam o procedimento.

Entre essas doenças, podemos destacar:

  • doenças hematológicas e imunodepressoras não controladas;
  • câncer ativo;
  • doenças mamárias não tratadas;
  • lúpus eritematoso;
  • problemas cardiovasculares;
  • artrite reumatoide.

Porém, se você tem alguma dessas doenças, não desista ainda. Apenas o médico pode avaliar se elas estão controladas ou não e se, de acordo com seu quadro de saúde, a cirurgia é contraindicada.

5. Flacidez

A mamoplastia de aumento não corrige a flacidez das mamas. O objetivo dessa cirurgia é apenas adicionar volume, sem retirar excesso de pele.

Então, caso os seus seios não sejam firmes e estejam um pouco caídos, é fundamental procurar o cirurgião e se informar sobre outros procedimentos que podem solucionar seu problema.

E agora, descobriu se você está apta a colocar prótese de silicone? Não tem nenhum desses impedimentos? Então, você está pronta para turbinar os seios e ser feliz!

Quer saber se chegou o momento de ter os seios que sempre desejou? Faça o teste agora mesmo!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Turbinar ou não turbinar

Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *