Como aumentar os seios? Mitos e verdades!

Nos ajude e Avalie Este Post !

A cirurgia plástica mais realizada no Brasil é a mamoplastia de aumento. Logo, é fácil deduzir que o maior motivo de insatisfação das mulheres com o próprio corpo é o tamanho das mamas. Porém, por uma série de razões, algumas delas vão em busca de outras opções além da prótese silicone e querem respostas simples para a pergunta “como aumentar os seios?”

O problema é que, nessa busca por métodos alternativos, elas encontram uma série de métodos que não são comprovados. Alguns deles não passam de mitos ou crendices populares. Outras vezes, a solução milagrosa é capaz de colocar  a mulher em risco.

Então, se você quer saber o que realmente funciona para aumentar os seios e o que não passa de uma armadilha, confira o post! Vamos desvendar cada um desses mitos e mostrar qual é a solução definitiva.

Mitos e verdades sobre o aumento dos seios

Na internet, você consegue encontrar todo tipo de informação. Assim, existem sites e blogs que pesquisam sobre os temas de forma séria e responsável, contando inclusive com a supervisão de profissionais da área médica.

No entanto, também existem páginas que não têm o mesmo cuidado. Alguns deles vendem produtos que não obtiveram sequer registro em órgãos reguladores como a Anvisa. Em outros casos, eles divulgam informações que fazem parte da cultura popular, mas sem comprovação científica.

Dessa maneira, surgem alguns mitos sobre como aumentar os seios. Então, nós reunimos as principais “soluções” apresentadas na internet e falaremos sobre as vantagens e desvantagens de cada uma.

1. Como aumentar os seios naturalmente?

Alguns sites defendem que é possível aumentar os seios consumindo determinados alimentos. Segundo eles, certos nutrientes contribuem para uma pele mais firme e para o aumento do volume das mamas.

Eles alegam que produtos derivados da soja, semente de feno-grego, cardos, extrato de sawpalmetto e um tubérculo (batata, raiz) chamada peraria mirifica mantêm o índice de estrogênio do corpo alto. Dessa forma, eles estimulariam o crescimento dos seios.

O problema é que não existe qualquer comprovação científica de que esse método realmente funciona. Também não há nenhuma pesquisa apontando que quantidades desses alimentos podem ser consumidas para garantir um resultado eficaz de forma segura.

E lembre-se: não é porque o produto é natural (alimento, chá), que isso significa que ele é benéfico à saúde. Em doses descontroladas, mesmo uma plantinha inocente pode apresentar toxidade. Então, muito cuidado com os produtos que consome.

2. Como aumentar os seios com massagem?

Outros sites afirmam que é possível aumentar os seios com massagens. Segundo eles, as manobras devem ser feitas com gotas de óleos essenciais como o de rosa mosqueta e amêndoas, para facilitar o deslizamento das mãos.

Mais uma vez, não existem pesquisas científicas que embasam esse método. Não se pode negar que a massagem, quando bem feita, é ótima para estimular a circulação do sangue, o que contribui para a boa qualidade da pele.

No entanto, isso não significa que pode acontecer um aumento significativo no volume das mamas. Aliás, existe até um risco: se a mulher apertar demais ou repuxar a pele, ela pode romper fibras que promovem a sustentação dessa região. Assim, em vez de ter seios grandes, ela ficará com seios caídos.

3. Como aumentar os seios com exercícios?

Os sites que ensinam como aumentar os seios com exercícios ignoram a diferença grande que existe entre peito e mama.

Os exercícios de musculação para essa região trabalham os músculos peitorais, ou seja, o “peito”. Porém, esse tecido muscular não é o responsável pelo volume das mamas.

Tanto os homens quanto as mulheres têm os mesmos músculos peitorais. Então, quando esse tecido muscular é trabalhado por meio da musculação, o efeito obtido é parecido com o daqueles rapazes “marombados”. Mas não é isso que você quer, certo?

O volume que as mulheres desejam ter nos seios vêm, na verdade, das mamas. Diferentemente dos homens, o tecido mamário delas tende a ser mais desenvolvido. Assim, trata-se de uma questão biológica, um presente que a natureza deu a elas e que é esculpido pela interação entre herança genética e influência do estrogênio.

E sabe qual é a influência que os exercícios de musculação para o peitoral têm sobre o tecido mamário? Nenhuma! Ali não existem músculos, mas apenas glândulas que não se desenvolvem com esses movimentos.

Então, se você quer praticar musculação para não perder massa muscular, manter sua força e mobilidade, ótimo! Porém, esse tipo de exercício não é efetivo para aumentar os seios.

4. Como aumentar os seios com remédios?

Também estão surgindo no mercado alguns remédios que prometem aumentar os seios. No entanto, nós verificamos esses sites e observamos que nenhum deles revela quais são as substâncias usadas nas fórmulas oferecidas.

Nesse caso, temos vários problemas:

Em primeiro lugar, medicamentos vendidos no Brasil precisam ter bula. Nela, devem constar quais foram as substâncias utilizadas na fabricação, até para não correr o risco de a pessoa ingerir um componente ao qual tem alergia ou intolerância.

Os vendedores desse tipo de remédio são muito vagos quando falam da formulação. Eles sempre usam termos como “ingredientes naturais” ou “livres de hormônios artificiais”. No entanto, eles não explicam do que o medicamento é feito.

Dessa maneira, esse tipo de fórmula simplesmente não tem como ser avaliada por especialistas. Portanto, não há uma comprovação de que ela é composta por qualquer elemento que possa realmente provocar o crescimento dos seios ou mesmo de que as substâncias utilizadas são realmente seguras. Nesse caso, será que vale a pena colocar a vida em perigo?

Porém, existe ainda um risco ainda maior: o de pessoas que tomam hormônios para aumentar os seios. Nesses casos, existe sim uma comprovação de que doses de estrogênio e progestogênio contribuem para o crescimento das mamas.

Os progestogênios (também chamados de progestógenos) são um tipo de hormônio da família dos esteroides. O organismo produz naturalmente um tipo de progestógeno, que é a progesterona.

Porém, hoje os laboratórios já fabricam substâncias sintéticas semelhantes à progesterona. Elas também recebem o nome da progestinas.

No entanto, o uso contínuo de estrogênio, principalmente em doses altas, está associado ao surgimento de câncer de mama e de ovário, entre outros. Por isso, dificilmente um médico receita esse tipo de medicamento a uma mulher. Ele implica em riscos muito sérios.

5. Como aumentar os seios com cremes?

Assim como os remédios, algumas empresas começaram a oferecer cremes para aumentar os seios. Algumas  cometem o mesmo erro dos fabricantes de remédios: não informam os componentes da fórmula.

Portanto, a falta de informação não permite que especialistas avaliem se o método é efetivo. Também não é possível determinar se essa é uma opção segura. Além disso, qual é a credibilidade de um fabricante que não divulga os componentes de seus produtos?

Por outro lado, algumas empresas até divulgam qual é a base de seus cremes. Elas alegam que usam um ou outro tipo de planta ou princípio ativo para promover o aumento de gordura na região das mamas, deixando-as mais preenchidas e arredondadas.

Contudo, mais uma vez, não há qualquer comprovação científica de que esse tipo de substância realmente produz esse efeito. Mesmo o fabricante informa que a mudança de tamanho é discreta e, se o “tratamento” for interrompido, os seios voltam ao tamanho natural.

Portanto, isso significa que mesmo que o creme funcione para aumentar os seios (o que não é comprovado), seus resultados não serão definitivos. Assim, a paciente ficará dependente do produto pelo resto da vida!

6. Como aumentar os seios com anticoncepcional?

Algumas mulheres realmente relatam que, depois de começarem a usar anticoncepcionais,  suas mamas ficaram maiores. Será que isso é verdade e realmente esse é um método eficaz para aumentar os seios?

Na verdade, os médicos dizem que é possível os seios incharem devido ao uso de anticoncepcionais. Portanto, não existe um aumento das glândulas mamárias, mas um mero acúmulo de líquido no corpo.

Porém, na verdade esse é um efeito colateral da pílula, e não um benefício. Aliás, os médicos afirmam que ele tende a desaparecer com o tempo, à medida que o corpo se adapta a receber os hormônios. Além disso, se a mulher para de utilizar o anticoncepcional, o inchaço também é eliminado.

7. Como aumentar os seios com simpatias?

Crenças são sempre um assunto muito particular. Assim, algumas pessoas acreditam em simpatias e outras não. Aqui no blog, defendemos a ideia de que todos devem ser respeitados!

Então, não poderíamos deixar de falar de simpatias que prometem aumentar os seios. Há quem afirme que, depois de massagear os seios com óleo de amêndoas e fazer compressa com chá de folha de goiabeira, misturado com alúmen de potássio, a mulher deve usar uma colher de pau para massagear os seios de baixo para cima. Esse processo deve ser repetido por três sextas-feiras seguidas.

Já outras pessoas preferem apostar na cebola, presente em praticamente todas as casas. Eles afirmam que cortá-la ao meio e esfregá-la nos seios em movimentos circulares, um por vez, é eficiente para aumentar os seios. O procedimento deve ser repetido em semanas alternadas, começando sempre na sexta-feira.

Durante muito tempo, um número grande pessoas acreditou que tomar água de concha ajudava a aumentar os seios. As razões para isso até pareciam científicas: dizia-se que as ostras concentram proteína, o que estimularia o crescimento das mamas.

Porém, com o tempo as pessoas descobriram que essa crença não passa de um mito. Não existe nenhuma relação entre a água das conchas e o aumento dos seios.

Como já dissemos, simpatia é uma questão de crença. Portanto, se você acredita que essas alternativas são boas para aumentar os seios, sinta-se livre para testá-las!

8. Como aumentar os seios com suplementos?

Outra alternativa para quem quer saber como aumentar os seios são os suplementos. Existem sites que oferecem uma combinação de proteínas e aminoácidos, prometendo o crescimento das mamas.

Esse tipo de suplemento normalmente é usado por pessoas que praticam atividades físicas, especialmente musculação. Realmente, sabe-se que a combinação desses elementos, junto com um programa de exercícios de força, contribui para a formação de massa muscular.

No entanto, como já explicamos, os seios que as mulheres desejam não são formados por massa muscular. Eles são o resultado do crescimento das glândulas e do tecido mamário. Portanto, nesse caso, não é possível comprovar a eficiência desses produtos.

Além da falta de eficiência comprovada, quando uma pessoa ingere suplementos, esses nutrientes são distribuídos por todo o corpo. Não existe um mecanismo para direcioná-los para uma parte específica, como os seios e o bumbum.

Como se isso não bastasse, o crescimento promovido dessa forma não é definitivo. Um exemplo são os adeptos da musculação. Se eles deixarem de usar o suplemento e de praticar os exercícios (que são essenciais para o aumento dos músculos), grande parte da massa muscular que eles adquiriram simplesmente diminui.

Portanto, mesmo se os suplementos fossem eficientes para aumentar os seios, mais uma vez eles não seriam uma solução definitiva.

9. Como aumentar os seios com sutiãs?

Outro recurso muito utilizado pelas mulheres para aumentar os seios são os sutiãs. Existem modelos variados que contribuem para valorizar essa região, ajudando a mulher a ostentar um decote mais generoso.

Os modelos push-up, por exemplo, têm uma modelagem perfeita e o preenchimento com bolha de água, óleo ou tecido. Dessa forma, eles impulsionam os seios para cima e para o meio, dando a impressão de um volume maior.

No entanto, esse tipo de recurso ajuda a disfarçar os seios pequenos, mas não soluciona o problema. A partir do momento em que a mulher tira o sutiã, ela volta a se deparar com o volume normal de sua mama, o que pode trazer muita insatisfação com o próprio corpo.

10. Como aumentar os seios com aplicativos?

Em plena era tecnológica, não poderíamos deixar de falar sobre a possibilidade de aumentar os seios por meio de aplicativos. Sim, isso é verdade! Porém, a solução só serve realmente para as fotos.

Então, se você ainda não quer mexer nas suas mamas mas quer dar aquela turbinada nas fotos que tirou de biquíni durante as férias, sua solução é o iAugment! É possível pegar uma imagem, selecionar a área dos seios com dois círculos e realizar o aumento instantâneo.

Como aumentar os seios de forma definitiva

Porém, se depois de conhecer todos esses métodos você percebeu que precisa de uma solução definitiva, a mamoplastia de aumento é a melhor alternativa. A prótese de silicone tem uma série de vantagens:

É uma cirurgia segura

Hoje em dia, as cirurgias são extremamente seguras. O procedimento é simples e na maioria das vezes exige apenas uma pequena incisão abaixo do seio. Geralmente, o médico utiliza anestesia local com sedação.

Isso significa que, apesar da paciente dormir durante toda a cirurgia, ela acorda rapidamente depois do procedimento e tem uma recuperação rápida. A alta da clínica costuma acontecer no mesmo dia.

As próteses são altamente tecnológicas

Se no passado você tinha medo de ter rejeição ou precisar trocar a prótese, hoje em dia esse risco não se justifica. Os implantes são altamente tecnológicos, feitos com superfície texturizada. As chances de problemas são ínfimas.

A recuperação é rápida

O pós-operatório do silicone exige alguns cuidados, mas é muito tranquilo. A paciente sente apenas um leve incômodo, que é controlado com analgésicos.

A volta às atividades diárias é gradual, mas ainda assim muito rápida. Portanto, basta se programar com um pouquinho de antecedência para garantir uma recuperação tranquila e muito confortável.

Trata-se de uma solução definitiva

Depois que a mulher coloca a prótese, aquele volume adicionado é preservado para sempre. Portanto, ela não precisará mais de sutiãs com enchimento ou bojo. Ela pode se sentir linda com ou sem a roupa, com um aspecto totalmente natural.

É 100% eficaz

Quando coloca silicone, a mulher não tem apenas um “aumento discreto” das mamas. Ela consegue conquistar o volume que deseja, de acordo com as características da prótese escolhida em conjunto com o médico. O resultado é 100% garantido!

E então, entendeu que a prótese é realmente a solução definitiva para quem quer descobrir como aumentar os seios? Quer conhecer a experiência de quem já tomou essa decisão e está radiante com os resultados?

Pois você está convidada a participar do nosso grupo no Facebook! Conheça os relatos de quem criou coragem, turbinou os seios e agora só quer saber de desfilar as novas formas por aí!

Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site da Silicone Center ou clique na imagem e faça o teste abaixo !


Turbinar ou Não Turbinar ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *