Mamas naturais? Saiba tudo sobre a consistência dos seios de quem tem silicone!

Os resultados possíveis da cirurgia para colocar silicone sempre são temas de dúvidas entre as mulheres. Afinal, como fica a consistência dos seios após a mamoplastia de aumento? 

Em alguns casos, apesar de o objetivo ser ficar com as mamas bem grandes e o colo marcado, a consistência do silicone e o seu impacto para deixar os seios naturais ao toque se tornam uma preocupação.

Será que, mesmo com próteses de silicone maiores, é possível deixar os seios sem aquela consistência dura? Para responder a essa pergunta, teremos que falar sobre três fatores diferentes:

1. Tecnologia da prótese garante a consistência dos seios 

O primeiro ponto está relacionado à própria prótese de silicone.

Atualmente, as próteses são desenvolvidas com tecnologias e materiais super modernos, o que faz com que elas durem por mais tempo, se adequem melhor ao tecido mamário e, inclusive, permitam com que o aspecto visual e o toque dos seios fique bastante natural.

Vale dizer que os silicones no Brasil, de forma geral, são preenchidos com um polímero, um gel de silicone de alta coesividade. 


Aumentar os Seios

Portanto, isso significa que ele não é fluido e mole, como um líquido, e nem é duro. Ele tem a consistência pastosa firme, muito parecida com a de um seio em seu mais perfeito estado.

Então, aquela ideia de que o silicone é algo duro e que não vai se moldar aos seus seios não existe mais! Por isso, pode ficar tranquila em relação às opções de próteses de silicone disponíveis no mercado, pois elas deixam o resultado da técnica subglandular (que você verá no próximo tópico) muito mais natural.

Isso significa que, independentemente da técnica mais adequada para o seu caso, a modernidade das próteses e das técnicas cirúrgicas permitem que o resultado fique do jeito que você sempre sonhou, ou seja,  bastante parecido com os seios reais.

2. Técnica de colocação das próteses de seios

O segundo ponto que interfere na consistência dos seios ao toque está relacionado à técnica escolhida para colocar a prótese. De forma geral, ela pode ser Subglandular ou Submuscular:

Técnica Submuscular

Essa técnica é usada em mulheres com pouca mama e pele muito fina, justamente para acomodar melhor a prótese e deixá-la com toque e aparência mais naturais.

Nesse caso, a prótese de silicone é colocada atrás do músculo peitoral. Portanto, à frente dela, ainda tem o próprio músculo, a glândula mamária, outras células que dão volume aos seios e a pele.

Assim, embora o volume fique perceptível, quem apalpa a mama nem imagina que existe uma prótese de silicone bem escondida ali.

Os implantes submusculares também ficam com a borda menos aparente, uma vez que estarão cobertos pelo músculo. Como resultado, os seios ficam com uma consistência mais natural.

Técnica Subglandular

Nesse caso, a prótese é colocada abaixo da glândula mamária e acima do músculo.

Ela costuma ser indicada para pessoas que possuem uma boa quantidade de pele e boa espessura de tecido de mama.


Silicone Center

Com essa técnica, as “bordas” do silicone ficam mais perto da superfície da pele. No entanto, como haverá boa espessura de tecido “cobrindo” o silicone, a consistência deles também fica bastante próxima à natural.

Por isso, se essa era uma preocupação sua para adiar a mamoplastia de aumento, você não precisa mais ficar com medo para conquistar os seus seios turbinados!

3. Influência da flacidez na consistência dos seios

É importante destacar que, da mesma forma que as mulheres não querem peitos duros e artificiais, elas também não querem ficar com os seios flácidos, murchos e caídos.

Por isso, a indicação adequada da mamoplastia de aumento é muito importante. Afinal, essa cirurgia não corrige a flacidez. Ela apenas preenche os seios e aumenta seu volume.

Assim, quando for consultar o cirurgião plástico, fique atenta à orientação dele. Se ele disser que você só precisa da mamoplastia de aumento, a melhor solução realmente é o silicone.

No entanto, caso seja necessário retirar excesso de pele para corrigir a flacidez, a melhor indicação será a mastopexia ou lifting de mamas. Dessa forma, você conseguirá realizar seu sonho de ter seios lindos, fartos e firmes! 

E então, entendeu por que o silicone faz a consistência dos seios ficar perfeita? Comente abaixo se tiver alguma dúvida, teremos prazer em lhe responder!

Gostou deste post? Confira todo o conteúdo do Blog da Silicone Center sobre Mamoplastia de Aumento.

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Turbinar ou não turbinar

Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Simulador de Próteses de Silicone

4 respostas para “Mamas naturais? Saiba tudo sobre a consistência dos seios de quem tem silicone!”

  1. Bom dia,

    existe alguma técnica para meu silicone ficar mas duro,

    estão extremamente naturais ninguém fala que tenho protese,

    meu foi colocado por baixo do musculo.

    1. Olá, Aline. Tudo bem? Essa questão poderá ser esclarecida durante uma consulta médica. Dessa forma, ele indicará a melhor prótese para o seu caso. Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (011) 5539-5047 e agende sua consulta.

  2. Já coloquei prótese pela segunda vez e não alcancei meu objetivo que é ter um seio bem grande e bem marcado, tinha 330 e coloquei 500 a diferença foi mínima, porque meu colo não marca e meu peito fica baixo?

    1. Olá, Jeniffer. Existem diversos fatores que são levados em conta na hora de escolher o tipo de prótese como: tamanho, forma da incisão e perfil. Todas essas questões são sempre avaliadas pelo cirurgião, pois as vezes aquilo que tanto desejamos pode não ser o melhor para o nosso biotipo. Afinal, cada corpo é um corpo e isso precisa ser respeitado. Por isso, é sempre tão importante durante a consulta conversar bem com o médico, para que juntos possam chegar a uma decisão que contemple o seu objetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *