Fumante pode colocar silicone?

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Não é segredo que o cigarro causa diversos prejuízos à saúde. Seu uso está associado a problemas de circulação do sangue, bem como à piora da qualidade da pele. Por isso, muitas mulheres perguntam: “fumante pode colocar silicone”?

Neste post, vamos explicar quais são as implicações do fumo no resultado da cirurgia plástica. Você é fumante? Descubra o que pode acontecer nesse caso e o que os médicos recomendam!

Qual é a recomendação médica para pacientes fumantes?

A paciente fumante pode colocar silicone. No entanto, não podemos negar que o fumo traz riscos à segurança da mulher durante a cirurgia e no pós-operatório. Além disso, esse hábito prejudica o processo de cicatrização.

Por isso, os médicos recomendam que as pacientes fumantes parem de consumir cigarros pelo menos duas semanas antes da cirurgia. Se esse período de abstinência for maior, será ainda melhor para sua recuperação.

No pós-operatório também é fundamental não fumar. Portanto, interromper o uso do cigarro por no mínimo um mês evita complicações no processo de cicatrização.

Quais são os riscos que o cigarro traz a uma cirurgia plástica?

Hoje em dia, a mamoplastia de aumento é um procedimento muito seguro. No entanto, existem alguns hábitos da própria paciente que podem colocá-la em risco. O principal deles é o fumo.

Esse hábito tem as seguintes consequências:

Dificuldades com a cicatrização

A nicotina presente no cigarro causa o estreitamento dos vasos sanguíneos. Assim, ela faz com que uma quantidade muito menor de sangue chegue a todos os tecidos do corpo, inclusive à pele.


Turbinar ou não turbinar

Dessa forma, a paciente fumante terá um processo de cicatrização mais difícil. Com menos sangue, os tecidos internos e a pele recebem poucos nutrientes e oxigênio.

Essa condição pode levar ainda à rejeição da prótese de silicone. Portanto, além de mais demorada, a recuperação pode ter outras complicações.

Uma das complicações possíveis é o enrugamento da pele. Afinal, ela precisa de oxigênio para produzir colágeno e sustentar perfeitamente os tecidos.

Outra consequência, ainda mais grave, é a chance de necrose (morte dos tecidos).  Trata-se de uma complicação bem séria.

Risco de trombose

Outro risco associado ao uso de cigarros é a trombose. Trata-se da formação de coágulos de sangue dentro das veias. A fumante tem chances maiores de ter esse tipo de problema.

Além disso, como vimos, os vasos sanguíneos da fumante se tornam mais estreitos devido à nicotina. Portanto, a possibilidade de o coágulo causar uma obstrução nas veias é maior. O problema pode se tornar ainda mais grave se o coágulo for para o pulmão.

Ruptura de pontos

Outro efeito do cigarro é comprometer o sistema respiratório. Por esse motivo, o organismo não tem uma boa condição para se defender de doenças que afetam esses órgãos.

Por isso, a paciente fumante pode ter crises de tosse, o que força os pontos e pode gerar ruptura. Isso também pode acontecer caso ela fume no pós-operatório e inale a fumaça.

Afinal, fumante pode colocar silicone?

Finalmente, a resposta é que a paciente fumante pode realizar seu sonho de colocar silicone.

Porém, é fundamental que essas pacientes sigam à risca as orientações médicas antes e depois da cirurgia. Isso é essencial para priorizar a saúde, evitar complicações e ter o resultado esperado.

Ainda ficou com alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários e teremos prazer em responder!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Turbinar ou não turbinar

Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Simulador de Próteses de Silicone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *