Saiba como é feita a incisão da cirurgia de silicone!

4.4 (88.33%) 12 votes

Aumentar a autoestima, usar aquele vestido decotado ou se sentir muito mais segura para arrasar no verão. A cirurgia de prótese de silicone tem o poder de transformar completamente a vida de uma mulher. E, como toda decisão importante que tomamos, ela envolve pesquisar bastante e entender o assunto a fundo. Afinal, existem diferentes tipos de silicone, incisão que o cirurgião realizará, como as técnicas para colocar a prótese e, claro, cuidados com o pós-operatório que você deverá adotar.

Quando falamos especificamente das técnicas dessa cirurgia plástica, é importante saber como a incisão da prótese de silicone é feita.
Esse é um detalhe que não interfere apenas na localização e aparência da cicatriz, como também, no resultado final e na sua recuperação após a cirurgia.
Quer entender melhor sobre o assunto? Então, não deixe de ler esse artigo!

Incisão pela axila ou axilar; incisão pela mama ou inframamária; incisão pela aréola ou periareolar

Tipos de incisão para colocar silicone

Conhecer os tipos de incisão para colocar silicone nos seios é importante pois permite entender as vantagens e desvantagens de cada método.
Com isso, você terá muito mais informações e segurança em finalmente realizar esse sonho.
São três as técnicas utilizadas para tanto: incisão pela mama, pela axila ou pela aréola.

Incisão pela mama ou inframamária

A incisão pela mama é a forma mais indicada para colocar prótese de silicone e a que lidera o ranking das cirurgias do tipo no mundo.
Nela, é realizado um corte na região de baixo das mamas, onde normalmente está localizada uma dobrinha. Essa incisão costuma ter uma medida de 3 a 5cm, onde ficará a cicatriz.
A incisão inframamária permite colocar prótese de silicone de forma mais rápida e precisa do que nos outros métodos que apresentaremos a seguir. Com isso, a cirurgia é menos demorada e muito mais segura.
Ao colocar prótese de silicone dessa maneira, a prótese entra com mais facilidade e há uma probabilidade muito menor de haver deslocamento do silicone no futuro.
Por fim, vale dizer que a cicatriz do silicone vai ficar bastante discreta, uma vez que estará escondida pelo sutiã ou biquíni.

Incisão pela axila ou axilar

Como o nome já sugere, nesses casos a prótese de silicone é colocada pelas axilas. Para isso, é preciso criar túneis pelos quais a prótese será transportada até chegar nas mamas.
Essa técnica tem caído em desuso, justamente por ser mais complicada e demorada. Como a distância entre as axilas e os seios é grande, as chances de ocorrer alguma complicação são maiores durante a cirurgia plástica.
Além disso, a paciente pode correr o risco de os seios não ficarem simétricos, o que costuma ser um grande inconveniente no resultado do silicone antes e depois.

Incisão pela aréola ou periareolar

Nessa técnica, a prótese de silicone é colocada pela aréola. É feita uma incisão entre a aréola e as mamas para que seja possível inserir a prótese.
Apesar de a cicatriz ficar praticamente invisível pelo local da incisão, essa não é uma técnica que pode ser aplicada em todas as mulheres. A paciente precisa ter uma aréola de tamanho grande para que uma cirurgia do tipo seja viável.

 

Quer saber mais sobre a cirurgia de silicone? Tire todas as suas dúvidas com o nosso guia completo sobre o tema!

Finalizando:

Comente abaixo se tiver alguma dúvida, teremos prazer em lhe responder.

Gostou deste post ? Leia mais no Blog da Silicone Center sobre Mamoplastia de Aumento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *