Mamas densas: o que são?

Não é incomum uma mulher ir ao ginecologista, mastologista ou cirurgião plástico e descobrir que tem mamas densas. Mas você sabe o que isso significa? Será que essa condição impede a paciente de colocar silicone? Isso afeta a mamoplastia de aumento?

Confira o infográfico para saber as respostas!

Mamas densas: o que são?

Composição da mama

Todas as mamas são compostas por diferentes tecidos:

Lobos

São formados pelas glândulas mamárias, ou seja, aquelas que produzem o leite materno.

Ductos

São tubos que captam o leite nos lobos e levam até os mamilos. Portanto, eles são essenciais para a amamentação.

Estroma

Trata-se de uma mistura formada por tecido adiposo (gordura) e tecido conjuntivo. O tecido conjuntivo possui vários tipos de células e estruturas que dão volume e sustentação ao seio, incluindo as fibras de colágeno.

O que são mamas densas?

Mamas densas são as mamas que contêm uma quantidade maior de células glandulares, ou seja, aquelas que produzem o leite.

Quem são as mulheres com essa característica?

Geralmente, as mulheres jovens têm as mamas mais densas. A partir dos 40 anos, é comum o tecido glandular diminuir, aumentando a proporção de tecido gorduroso e conjuntivo.

A mulher com mamas densas pode colocar silicone?

As mamas densas não impedem uma mulher de colocar silicone. Lembre-se: o médico coloca a prótese atrás da glândula mamária ou mesmo debaixo do músculo. Portanto, essa condição não interfere na cirurgia e nem no resultado.

Mamas densas são algum tipo de doença?

Não, embora seja uma condição que exige cuidados. A mama densa é uma característica, que varia de mulher para mulher. Enquanto algumas têm mais gordura e tecido conjuntivo, outras têm mais tecido glandular.

Mamas densas exigem algum cuidado especial?

Sim! Infelizmente, estudos mostram que uma mama densa tem um risco até seis vezes maior de desenvolver câncer. Por isso, é importante cuidar bem da saúde e fazer acompanhamento médico frequente.

A mama densa dificulta o diagnóstico do câncer?

Sim! No exame de mamografia, o tecido glandular aparece como uma massa branca. Por isso, fica um pouco mais difícil visualizar nódulos ou tumores, o que pode atrasar o diagnóstico de um câncer de mama.

Como é o exame preventivo da mulher com essa condição?

A mamografia deve ser feita com mais cuidado e, às vezes, é necessário repetir o exame. Alguns médicos preferem solicitar uma ultrassonografia das mamas, que permite visualizar nódulos mesmo em mamas densas.

Como evitar o problema?

Devido ao risco maior de desenvolvimento de câncer de mama, é importante tentar reduzir essa densidade. Para isso, mantenha o peso adequado, tenha uma alimentação saudável, pratique atividades físicas e faça os exames de rotina.

Tenho mama densa, o que preciso fazer antes de colocar silicone?

Os cuidados e exames do pré-operatório para quem vai colocar silicone são os mesmos, independente se a mulher tem mama densa ou não. Vamos conhecer quais são eles? Confira!

Quais são os exames pré-operatórios da mamoplastia de aumento?

1.  Hemograma

O hemograma é um exame bastante completo. Assim, ele mostra as condições gerais do nosso organismo por meio da análise do sangue.

Por meio do hemograma, o médico verifica se a paciente tem:

  • anemia;
  • inflamações;
  • leucemia;
  • infecções, entre outras possibilidades.

Em alguns casos, como uma anemia leve, por exemplo, a partir do resultado o médico apenas recomenda suplementos. Dessa forma, é possível corrigir o problema antes da cirurgia.

Outros problemas, como infecções viróticas, bacterianas e leucemia, fazem com que o procedimento seja adiado até a solução. Então, o médico recomenda que a paciente se consulte com o especialista certo para tratar o que foi detectado e, assim, retomar os procedimentos da cirurgia de silicone com segurança.

O hemograma mostra ainda a quantidade de glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas que o organismo contém. Essas últimas são fundamentais para a coagulação do sangue, ou seja, para evitar hemorragias.

Em caso de inconsistência em relação a quantidade dos glóbulos, esse índice também precisa ser melhorado com medicação e acompanhamento. Afinal, como adiantamos acima, eles são muito importantes para evitar complicações hemorrágicas.

2. Glicemia

Também analisada a partir da coleta de sangue, a glicemia pode indicar a ocorrência de diabetes, condição cada vez mais comum entre a população.


Aumentar os Seios

Veja, a paciente diabética pode ter complicações cirúrgicas sérias e principalmente dificuldades de cicatrização, uma das grandes preocupações nestes casos.

Portanto, o exame é necessário para identificar o problema. Se isso acontecer, é preciso controlar os níveis de glicose antes e depois da cirurgia. Por isso, este, sem dúvida, é um dos exames mais importantes antes de qualquer procedimento cirúrgico.

3.  Exame de urina tipo I

Assim como o hemograma, o exame de urina indica a presença de infecções. Deste modo, é possível tratá-las antes da mamoplastia de aumento.

Além disso, o exame de urina identifica elementos que não deveriam estar ali, como proteínas, bilirrubinas e cetonas.

Portanto, diante desses resultados, a paciente pode estar enfrentando problemas no fígado e rins, mesmo que não saiba.

Então, caso o exame apresente algum tipo de alteração, é possível que o médico solicite uma avaliação de outro especialista para garantir que o procedimento seja seguro.

Por isso, é sempre bom destacar que toda etapa do processo pode envolver outros profissionais. Tudo para garantir que seja um procedimento realmente seguro e satisfatório.

perguntas frquentes prótese de silicone

4.  Exame cardíaco

Na maioria das vezes, os médicos pedem um eletrocardiograma. O objetivo é avaliar a saúde do coração.

Portanto, ao  avaliar a velocidade, ritmo e força dos batimentos cardíacos, esse exame mostra se é seguro realizar uma cirurgia na paciente ou não.

Caso haja alguma inconsistência, isso também pode ser tratado. Mas é preciso adiar a cirurgia de silicone até que os indicadores cardíacos apresentem melhora significativa.

O médico também não poderia realizar uma cirurgia nas mamas sem avaliar as condições delas. Então, ele solicita um exame de imagem.

Tanto o ultrassom das mamas e axilas quanto a mamografia podem ser solicitados com essa finalidade.

Então, por meio desses exames, o médico identifica:

  • lesões nas mamas;
  • nódulos ou cistos;
  • estrutura glandular;
  • possíveis infecções.

Tais avaliações também podem determinar qual técnica é a mais indicada para o seu caso, dependendo do que os exames apresentarem.

Finalizando

Como você viu, as mamas densas não impedem nenhuma mulher de colocar silicone. Ainda assim, elas exigem cuidados. Procure hoje mesmo seu médico para fazer um diagnóstico preciso e cuidar da sua saúde!

Você tem outras dúvidas sobre mamoplastia de aumento? Então, continue navegando pelo nosso blog para sanar todas elas. Semanalmente, nossa equipe de especialistas publica conteúdos exclusivos relacionados à cirurgia.

Além do nosso Blog, você também encontra dicas, informações e curiosidades da mamoplastia de aumento em nossas páginas nas redes sociais Facebook e Instagram. Por lá, compartilhamos conteúdos riquíssimos que vão te ajudar com tudo o que você precisa saber sobre a cirurgia queridinha entre as mulheres de todo o planeta.

Gostou? Então, Siga-nos para não perder nenhuma novidade.

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Aumento de Mamas Silicone Center


Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar uma turbinada? Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:


    (Preencha, envie e aguarde a confirmação)


    Simulador de Próteses de Silicone Agendar Consulta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *