Mamoplastia de aumento e maternidade: como conciliar?

5 (100%) 5 votes

Há muitas mulheres que procuram a clínica  com muita vontade de fazer a mamoplastia de aumento, mas com uma dúvida importante: “tenho filho pequeno. É possível conciliar a vida materna com a cirurgia para colocar silicone”?

Talvez você tenha se identificado com essa pergunta. Afinal, muitas das nossas pacientes já passaram por essa situação.

Em muitos casos, elas se empolgaram com o volume das mamas durante a gravidez. Porém, depois da amamentação perceberam que os seios voltaram ao tamanho normal: pequenos e sem projeção.

Essa é a situação? Você também não sabe se é possível conciliar a mamoplastia de aumento com suas tarefas como mãe? Continue a leitura!

Por que colocar silicone depois da maternidade

Muitas mulheres percebem que, após a gestação e amamentação os seios murcham. Algumas delas já tinham a insatisfação com as mamas pequenas antes da gravidez. Outras só enfrentam esse problema depois.

Nesse momento, surge o desejo de colocar silicone. Afinal, o corpo já muda tando depois de uma gravidez e elas querem recorrer ao procedimento para se sentirem bonitas e sensuais outra vez.

Mas como você sabe, ter filhos pequenos não é fácil! Então, elas não sabem se conseguirão dar conta de tudo: cirurgia, período de recuperação e cuidados com a criança.

Porém, vamos explicar a seguir por que você deve fazer a cirurgia mesmo nessas circunstâncias. Confira!

Para recuperar ou aumentar a autoestima

Quando nos sentimos bem com o próprio corpo, nossa atitude diante da vida é diferente. Temos mais prazer em realizar as atividades relacionada ao nosso trabalho, bem como os cuidados com a família e as crianças.

Então, se você tem vontade de colocar silicone, vá em frente! Sentir-se satisfeita com a própria aparência a tornará uma pessoa mais feliz, uma profissional mais dedicada e uma mãe ainda melhor.

Para reequilibrar os papéis

É normal que, nos primeiros meses do bebê, ele tome muito tempo da mãe. Com isso, ela pode deixar de lado outros papéis sociais, especialmente o de mulher e esposa.

Ao decidir fazer a mamoplastia de aumento, você está dando um passo na direção contrária. Trata-se de dedicar uma parte do tempo e do orçamento para si mesma, para seu autocuidado e para se reafirmar como mulher. Então, não vale a pena adiar esse sonho ou abrir mão dele.

Como se organizar para a mamoplastia de aumento depois da maternidade

O único cuidado que você precisará ter para fazer a mamoplastia de aumento com filhos pequenos é se programar para o pós-operatório. Primeiramente, é necessário ter encerrado a amamentação há pelo menos seis meses.

Além disso, você realmente não poderá pegar peso, fazer esforço físico, levantar os braços ou exagerar na movimentação deles. Por isso, é importante contar com a ajuda de uma pessoa de confiança.

Assim, se você tiver a ajuda de pessoas da família (mãe, esposo, irmãs) ou uma funcionária doméstica para realizar as atividades domésticas e cuidar das crianças, tudo será resolvido.

O período de recuperação passa rápido. Em quinze dias você retomará várias atividades, depois de um mês sua vida será praticamente normal e, ao completar dois meses, estará pronta para fazer tudo que precisa.

Quer conhecer a experiência de outras mulheres que programaram a cirurgia corretamente e conseguiram realizar esse sonho? Participe do nosso grupo no Facebook e confira as histórias delas!

Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site da Silicone Center , preencha o formulário abaixo ou clique na imagem mais abaixo e baixe nosso e-book grátis !


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *