Você sabe o que é mastoplastia? Descubra todos os procedimentos que esta terminologia engloba

Você tem alguma insatisfação com seus seios? É muito comum as mulheres se sentirem incomodadas, seja porque eles são pequenos, grandes demais, flácidos… Todos esses problemas têm uma solução! Trata-se da mastoplastia.

Mas você sabe o que é a mastoplastia? Neste post, vamos contar tudo sobre esse procedimento, bem como os problemas que ele resolve para deixar mulheres como você cada vez mais felizes com suas mamas. Confira!

O que é mastoplastia?

Mastoplastia é um dos nomes dados à cirurgia plástica de mamas. Os médicos também chamam esses procedimentos de mamoplastias.

A boa notícia é que existem diferentes tipos de mastoplastia. Afinal, as mulheres têm insatisfações ou necessidades diversas.

Assim, existem mastoplastias tanto para atender às necessidades de quem precisa de uma reconstrução mamária após um câncer quanto para melhorar a estética dos seios.

Quer saber mais sobre cada tipo de mastoplastia? Continue a leitura!

Quais são os tipos de mastoplastia?

Existem diferentes tipos de mastoplastia. Veja quais são as indicações de cada uma delas:

1. Mamoplastia ou Mastoplastia de aumento

A mastoplastia de aumento é uma das cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil e no mundo. Afinal, não faltam mulheres que desejam aumentar os seios com prótese de silicone.

Conforme as mulheres conhecem as vantagens da mastoplastia, elas perdem o receio em relação à cirurgia e realizam seu sonho.

Portanto, quando elas descobrem que se trata de um procedimento rápido e com pós-operatório tranquilo, elas criam coragem e aumentam as mamas.

O resultado disso é um corpo muito mais harmonioso e sensual, além do aumento na autoestima.

2. Mastoplastia ou Mamoplastia redutora

No entanto, existem mulheres que precisam fazer exatamente o contrário, ou seja, reduzir o volume das mamas.

Afinal, mamas exageradas, além de causarem um constrangimento estético, trazem ainda uma série de problemas de saúde.

Mulheres com seios muito grandes reclamam frequentemente de dores nas costas e região dos ombros, pele machucada pelo elástico do sutiã, dificuldade para comprar roupas e realizar atividades físicas.

Então, para solucionar todos esses problemas, o médico realiza a mastoplastia redutora.

Assim, ele retira o excesso de tecido mamário, gordura e pele. Em seguida, ele remodela a mama e a deixa proporcional ao corpo da paciente.

3. Mastoplastia de elevação

Porém, para algumas mulheres, o problema não é o tamanho dos seios. Eles até são proporcionais ao corpo, mas são caídos.

A queda nos seios pode acontecer por diversos motivos. Em algumas mulheres, a flacidez tem um forte componente genético.

No entanto, para outras foram os acontecimentos da vida que afetaram a beleza das mamas.

Fatores como gravidez e aumento dos seios devido à amamentação, ganho de peso e grandes emagrecimentos na sequência provocaram a queda dos seios.

E não é só isso. Também precisamos lembrar que a queda dos seios acontece naturalmente, à medida que os anos passam.

A mama se torna menos densa, ficando mais mole, perdendo sua firmeza. Então, a solução é a mastoplastia de elevação, também conhecida como mastopexia ou lifting de mamas.


Aumentar os Seios

Nesta cirurgia, o médico elimina o excesso de pele e remodela o seio. Portanto, eles ficam na posição adequada e firmes outra vez.

Aliás, existe ainda uma outra possibilidade! Se a mama está flácida, a mulher pode aproveitar para levantá-la e aumentar o tamanho ao mesmo tempo.

Neste caso, o médico concilia o lifting com a colocação de uma prótese de silicone, deixando os seios ainda mais perfeitos!

4. Mamoplastia para gigantomastia

Já falamos das mulheres com seios pequenos, das mulheres com seios grandes, das mulheres com seios flácidos. Porém, embora todas essas situações incomodem, existem casos ainda mais sérios.

Em algumas mulheres, cada mama chega a pesar mais de um quilo. Assim, como você pode imaginar, elas sofrem muito com essa condição, chamada de gigantomastia.

A gigantomastia afeta a saúde física e mental da mulher. Afinal, ela se sente constrangida com o tamanho das mamas isso tem impacto em sua autoestima.

Por outro lado, a gigantomastia dificulta a realização de uma série de atividades de rotina. Ela tem um impacto na funcionalidade da mulher.

perguntas frquentes prótese de silicone

Além disso, não podemos nos esquecer do sofrimento físico, da dor imensa nas costas e ombros, nas assaduras frequentes, no fato de não encontrar roupas e sutiãs que sirvam.

Até dormir é difícil para a mulher com gigantomastia.  Portanto, nesses casos, a cirurgia plástica é considerada reparadora, porque ela é essencial para proporcionar qualidade de vida à mulher.

Assim como na mastoplastia redutora, o médico precisa retirar gordura, tecido mamário e excesso de pele. Em seguida, ele remodela o seio, devolvendo a autoestima e mudando a vida da paciente.

5. Mastoplastia reparadora

Finalmente, temos a mastoplastia reparadora. Trata-se de uma cirurgia para reconstruir as mamas de mulheres que precisam de uma reparação nos seios devido a problemas de saúde ou acidentes.

A correção da gigantomastia, que nós citamos no tópico anterior, é considerada uma cirurgia plástica reparadora. Afinal, a mulher tem uma condição séria que afeta sua saúde.

Outro exemplo de mastoplastia reparadora acontece quando a mulher precisa retirar a mama devido a uma doença, como o câncer.

Então, nesses casos, ela precisa colocar uma prótese para reconstituir o seio, deixando sua aparência natural outra vez.

Existem ainda casos de mulheres que precisam de uma mamoplastia após a bariátrica. O emagrecimento significativo deixa a pele dos seios extremamente flácida.

Assim, elas necessitam de uma mamoplastia reparadora que modele novamente as mamas e elimine as consequências desse problema de saúde.

Enfim, há mulheres que tiveram suas mamas afetadas devido a algum acidente ou trauma. Esses problemas também são corrigidos com a mastoplastia reparadora.

Mas afinal, como saber se eu preciso de uma cirurgia de mamas?

Se você se sente incomodada com o tamanho, formato ou flacidez das mamas, provavelmente você precisa de uma mastoplastia.

Porém, o que talvez você não saiba é qual dessas cirurgias atende as suas necessidades.

Afinal, algumas mulheres acreditam que a prótese de silicone vai preencher o seio e eliminar a flacidez. No entanto, não é assim. O excesso de pele precisa ser retirado por meio da mastopexia para deixar os seios firmes.

Portanto, o único profissional que pode indicar a cirurgia adequada para o seu caso, com toda a segurança, é o cirurgião plástico.

Ele avalia sua condição e determina se a sua mamoplastia será de elevação, aumento, redução ou mesmo uma combinação entre esses procedimentos.

De qualquer forma, se você percebe que a condição das suas mamas interfere na sua autoestima e faz  você não se sentir bem com o próprio corpo, busque uma solução.

Se a sua insatisfação impede você de usar determinadas roupas, causa constrangimento ao colocar um biquíni ou sente vergonha de tirar a roupa diante do parceiro, mude essa situação.

Se o tamanho das suas mamas está afetando até mesmo a sua saúde ou impedindo que você realize as atividades do dia a dia, neste caso a solução precisa ser urgente. Sua qualidade de vida depende disso.

Entendeu quais são os diferentes tipos de mastoplastia e quando cada um deles é indicado?

Então, não perca mais tempo! Agende sua avaliação com nossos especialistas, transforme seus seios e conquiste muito mais qualidade de vida!

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Aumento de Mamas Silicone Center


Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar uma turbinada? Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:


    (Preencha, envie e aguarde a confirmação)


    Simulador de Próteses de Silicone Agendar Consulta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *