Você conhece a SOP? Descubra seus efeitos na saúde e na pele

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Nem só de silicone vive uma mulher. Por isso, neste blog nós entendemos a importância de falar sobre a saúde feminina e o tema deste post é a SOP.

Você sabe o que é SOP? Trata-se da sigla usada para designar a Síndrome dos Ovários Policísticos. 1 em cada 10 mulheres sofre com este problema.

Será que você é uma dessas mulheres? Continue a leitura para entender e identificar a SOP!

O que é a Síndrome dos Ovários Policísticos?

Para entender o que é a SOP, é preciso compreender como funciona um ovário normal, com seu funcionamento regular.

Os ovários são dois órgãos localizados em cada lado do útero, na parte frontal do corpo feminino. Eles se comunicam com o útero por meio das tubas uterinas.

Desde antes da mulher nascer, os ovários guardam os óvulos. Portanto, é neles que as células reprodutivas femininas ficam estocadas.

Então, a partir da puberdade, o ovário amadurece e libera uma dessas células a ciclo de mais ou menos 28 dias. É quando a mulher se torna fértil.

No entanto, em algumas mulheres, os óvulos também contêm cistos. Portanto, são pequenas bolsas que, na maioria das vezes, ficam cheias de líquido.

Devido a essa condição, 10% das mulheres têm um aumento nas taxas de hormônio masculino.

Esse desequilíbrio de hormônios causados pelos cistos gera um conjunto de sintomas (síndrome). Então, a mulher é diagnosticada com a Síndrome dos Ovários Policísticos.

Quais são as causas da SOP?

O problema dos ovários é apenas uma expressão de um mau funcionamento metabólico. Assim, existem diversas causas, principalmente hormonais.

Os estudos realizados mostram que algumas mulheres com SOP têm problemas no hipotálamo, na hipófise e em glândulas adrenais.

Todos esses nomes complicados, na verdade, se referem a glândulas que produzem ou regulam os hormônios.

Inclusive por isso, a mulher com SOP têm um aumento no nível de hormônios masculinos.

Outro fator causador da SOP é a dificuldade do organismo para produzir e utilizar a insulina, que também é um hormônio.

Atualmente, a Medicina considera a SOP uma doença crônica. Existem medicamentos para reduzir sintomas.

No entanto, a solução verdadeira é mais simples e mais difícil ao mesmo tempo. Trata-se da mudança no estilo de vida, especialmente alimentação e exercícios.

Quais são os sintomas da SOP?

A SOP tem alguns sintomas externos. Assim, eles ficam visíveis no rosto e no corpo da mulher.

Portanto, é comum as pacientes com SOP terem acne depois de adultas, um pouco mais de pelo na face ou corpo e dificuldade para perder peso.

Porém, embora esses problemas causem incômodo, eles não são as consequências mais graves da SOP.

O problema pode afetar a fertilidade, causando dificuldade para engravidar. Então, nesse momento, muitas mulheres descobrem o diagnóstico.

Além desses sintomas, a mulher com SOP pode apresentar:

  • aumento da testosterona;
  • fadiga;
  • padrão de calvície masculina;
  • mudanças de humor devido ao desequilíbrio emocional;
  • seborreia (oleosidade da pele e couro cabeludo);
  • acantosis nigricans (manchas escuras em áreas de dobras, como pescoço e axilas);
  • perda de libido (desejo sexual).

Aumentar os Seios

Por estar relacionada à produção e uso da insulina, a SOP aumenta as chances de diabetes, problemas cardiovasculares e até mesmo câncer.

Progressivamente, a mulher também começa a ficar com algumas características mais masculinas. Portanto, ela se torna bastante insatisfeita com a própria aparência.

Então, como você pode ver, é um assunto bastante sério!

Como o médico faz o diagnóstico de ovários policísticos?

Quando a paciente chega ao consultório com sintomas como irregularidade menstrual, acne, dificuldade para emagrecer ou engravidar, o médico já suspeita de SOP.

Porém, para ter certeza do diagnóstico, ele solicita exames como a ultrassonografia.

O ultrassom permite ver claramente os cistos nos ovários. Portanto, não se trata de um diagnóstico difícil.

Outras vezes, a mulher tem ovários policísticos e nem percebe os sintomas. No entanto, ao fazer a ultrassonografia de rotina, ela descobre o diagnóstico.

perguntas frquentes prótese de silicone

Também existem mulheres que, nos exames de rotina, começam a apresentar um quadro de esteatose hepática (gordura no fígado).

A princípio, isso não parece ter relação com os ovários. Porém, essa não é a verdade.

Como a insulina não consegue abrir as células para a entrada de glicose, esse açúcar se transforma em gordura no corpo.

Então, por sua vez, a gordura começa a se acumular em várias regiões do organismo, inclusive entre os órgãos do abdômen, incluindo o fígado.

Como tratar o ovário policístico?

Os médicos geralmente prescrevem anticoncepcionais para regularizar o ciclo menstrual. Outros prescrevem medicamentos para diabetes.

Tudo isso tem o objetivo de proporcionar mais conforto à paciente. Porém, esses paliativos não resolvem as causas da SOP.

Por se tratar de um problema metabólico, a solução da SOP depende de um ajuste no metabolismo. Mas você sabe como fazer isso? Confira as dicas!

1. Combata a SOP com exercícios

O tecido dos músculos tem muitos receptores de insulina. E lembra que nós falamos que, na SOP, o organismo tem dificuldade para usar a insulina?

Então, o primeiro passo é ativar esse tecido muscular por meio do exercício. Isso vai estabilizar os níveis de insulina no organismo.

Para a mulher que está com a SOP descontrolada, a recomendação é de pelo menos 250 minutos de exercícios por semana. Portanto, são 5 sessões de 50 minutos.

Porém, depois que a SOP já estiver controlada, 150 minutos (5 sessões de 30 minutos) são suficientes.

2. Reeduque seus hábitos alimentares

A alimentação da mulher com SOP precisa levar suas necessidades em consideração.

Portanto, se ela tem dificuldade para colocar a energia para dentro das células (devido à resistência à insulina), ela precisa tomar cuidado com a energia que consome.

Quando nós comemos carboidratos simples (arroz branco, pão branco, doces etc), nós provocamos um pico de glicose no sangue.

Então, como as células não conseguirão aproveitar toda essa glicose, ela se transformará em gordura.

Por isso, o ideal é começar o tratamento reduzindo a quantidade de carboidratos, especialmente os refinados.

Caso a mulher consuma carboidratos, ela deve dar preferência aos integrais. Assim, a glicose será liberada mais lentamente no organismo.

O ideal é que a alimentação se torne mais natural. Afinal, os antioxidantes e anti-inflamatórios são muito importantes para reverter o quadro.

Portanto, frutas e verduras são sempre muito bem-vindas ao cardápio da mulher com SOP.

3. Adicione alguns suplementos

Atenção! Antes de tomar qualquer suplemento, consulte seu médico. Afinal, ele é o melhor profissional para orientá-la.

Porém, diversos estudos mostram que a suplementação com magnésio, cromo, ácido lipólico, vitamina D, ômega 3 e outras opções aumentam as taxas de sucesso no tratamento.

Agora você já sabe quais são os sintomas da SOP. Reconheceu algum deles? Conhece alguma amiga com essas características?

Então, compartilhe este post para que elas também conheçam o SOP e procurem tratamento.

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Aumento de Mamas Silicone Center


Fale Conosco Pelo Whatsapp


Simulador de Próteses de Silicone Agendar Consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *