Saúde da mulher: como os seios indicam a hora de procurar um médico

No mês de outubro, ocorre uma grande mobilização em torno da conscientização sobre câncer de mama. Porém, a saúde da mulher envolve muitos outros aspectos que merecem a nossa atenção.

Portanto, é importante que a mulher conheça e aprenda a identificar uma série de outros sinais que indicam a necessidade de procurar um médico para obter um diagnóstico de outras doenças que necessitam de tratamento.

Quer saber que sinais são esses e quais são os outros problemas que podem afetar a mama? Então, continue a leitura!

Saúde da mulher: sinais de que é importante buscar um médico

Toda mulher conhece bem a condição normal de seus seios. A partir desse conhecimento, é fundamental ficar atenta a sinais que podem indicar doenças:

Inchaço ou aumento de volume

Para muitas mulheres, o inchaço e o aumento de volume são bastante comuns no período menstrual ou pré-menstrual. A condição também é frequente na gravidez.

Porém, se as mamas aumentam fora desses períodos, especialmente se esse aumento é assimétrico, é importante buscar o médico.


Aumentar os Seios

Afinal, pode se tratar de um problema muito simples, mas também pode ser um sintoma de câncer.

Portanto, sempre é melhor ter um excesso de cuidado do que negligenciar um sintoma importante.

Nódulos palpáveis

Quando a mulher apalpa os seios e percebe um nódulo, geralmente ela fica muito preocupada. No entanto, vale a pena destacar que muitas vezes ele é benigno e não precisa nem ser retirado.

Porém, também é importante que ela não ignore esse sinal. Ela deve procurar o médico o mais rápido possível para um diagnóstico adequado e um possível tratamento.

Vermelhidão

Algumas mulheres percebem que a pele dos seios fica vermelha, mas não acontece alteração de temperatura e também não há dor.

Nesse caso, ela deve procurar o médico rapidamente. Afinal, esse sintoma pode indicar  o entupimento de vasos linfáticos por células cancerígenas.

Dores na mama

Assim como o inchaço, a maioria das mulheres sente dores na mama no período menstrual e pré-menstrual.

Porém, se a dor persiste fora desses períodos, ela deve ser relatada ao médico para que ele investigue possíveis infecções ou outras causas.

Embora a maioria das dores não seja sintoma de uma doença maligna, é importante tratá-las para evitar outros transtornos ou o agravamento de infecções e inflamações.

Secreção e saúde da mulher

A única secreção perfeitamente normal que sai dos mamilos é o leite. Assim, se a mulher percebe que eles vazam líquidos, ela precisa relatar ao médico.

perguntas frquentes prótese de silicone

Então, o profissional encaminha a paciente para exames que detectam a presença de células cancerígenas ou descartam essa possibilidade.

Retração do mamilo

A retração do mamilo, com ou sem dor, é um sinal que não deve ser ignorado. Portanto, a menos que seus mamilos sejam naturalmente invertidos, procure o médico diante desse sintoma.

Descamação mamilar e saúde da mulher

Diversas causas podem levar à descamação dos mamilos. Portanto, é importante observar também a presença de sintomas como dor, nódulos, mudanças no formato dos seios e secreções.

Em seguida, a paciente precisa procurar o médico. A descamação pode ser sintoma de problemas simples, como cistos ou mastites, bem como de tumores. Então, é fundamental investigar a causa desse sinal.

Saúde da mulher: doenças além do câncer de mama

Como já dissemos, existem inúmeros materiais falando sobre o câncer de mama.

Por isso, entendemos que é importante mostrar também outras doenças que podem atingir os seios.

1. Mastalgia ou dor nas mamas

A maioria das mulheres sofre com algum tipo de mastalgia, que é o nome técnico da dor nas mamas.

Um exemplo é a dor que surge no período menstrual ou pré-menstrual, acompanhada ou não de inchaço.

No entanto, nem sempre a dor se restringe a esse período do mês. Algumas mulheres sofrem de mastalgia devido a traumas físicos, inflamações ou nevralgia.

Estímulos hormonais e até mesmo distúrbios emocionais podem causar ou agravar a mastalgia. Portanto, é importante buscar o médico para descobrir a origem desse incômodo.

Existem medidas simples que podem evitar o problema. O principal deles é uma alimentação saudável, livre de estimulantes e sem muito sal.

Alimentos estimulantes como café, chá preto, verde ou mate, chocolate e refrigerantes estão entre os que pioram as dores nas mamas. Então, para muitas mulheres, é bem interessante deixá-los fora do cardápio.

2. Mastite e saúde da mulher

A mastite é uma inflamação dos tecidos da mama. Muitas vezes, a causa desse problema é uma infecção bacteriana.

Embora a mastite seja mais comum durante a amamentação, ela pode atingir outras mulheres e até mesmo homens.

O tratamento da mastite costuma ser simples. Então, os médicos prescrevem antibióticos, analgésicos e, no caso das lactantes, o esvaziamento completo da mama afetada.

3. Cistos mamários

Os cistos estão entre os problemas da mama que mais assustam as mulheres. Afinal, muitas delas descobrem um nódulo no autoexame e logo pensam na possibilidade de um câncer.

No entanto, os cistos são alterações benignas. Por isso, eles normalmente não se transformam em câncer posteriormente.

Porém, para descobrir se o nódulo é maligno ou não, a mulher precisa procurar o médico e realizar uma série de exames.

Não se sabe exatamente por que o corpo desenvolve cistos. Porém, a boa notícia é que a maioria não precisa nem mesmo ser retirada por cirurgia.  Geralmente, basta realizar o acompanhamento periódico.

4. Fibrose

Ao longo da vida, o tecido das mamas pode sofrer algumas alterações. Uma delas é a fibrose, que forma nódulos e pode causar inflamações.

Em muitos casos, essa inflamação da fibrose regride e desaparece naturalmente.

Porém, outras mulheres precisam recorrer ao médico e até mesmo fazer cirurgia para extrair o líquido acumulado.

5. Adenose

A adenose acontece quando a mama apresenta uma anormalidade nas glândulas que produzem leite, seja em sua quantidade ou tamanho.

Apesar de provocar dor, muitas vezes a adenose desaparece naturalmente. Porém, é fundamental consultar um médico para confirmar o diagnóstico e ter certeza de que não se trata de outra doença.

6. Fibroadenoma e a saúde da mulher

O fibroadenoma é relativamente comum entre mulheres jovens, entre 15 e 25 anos de idade. Trata-se de uma lesão benigna, em formato de nódulo, com cerca de dois a três centímetros.

Embora seja indolor, os médicos costumam destacar a facilidade de diagnosticar o fibroadenoma. Trata-se de um nódulo de aspecto sólido, liso e móvel.

Assim como o cisto, muitas vezes o médico não precisa nem mesmo retirar o fibroadenoma. Basta manter o acompanhamento periódico.

7. Afecção funcional benigna das mamas (AFBM)

Até pouco tempo atrás, a AFBM recebia o nome de displasia mamária. Embora suas causas não estejam bem definidas, ela traz alguns sintomas fáceis de identificar.

A mulher com AFBM sente dor, a mama fica intumescida e surgem diversos caroços nos seios. Portanto, costuma causar preocupação.

Porém, a verdade é que geralmente essa condição desaparece após o período menstrual. Apenas em alguns casos as pacientes precisam de medicamentos.

8. Hiperplasia mamária

Diferentemente da displasia mamária, a hiperplasia acontece quando as células que revestem os ductos ou glândulas mamárias crescem excessivamente.

Portanto, para evitar desenvolvimento do câncer de mama, muitas pacientes precisam retirar esse tecido circundante.

Agora você já sabe sinais de problemas nos seios que não podem ser ignorados. Que tal compartilhar com suas amigas para que elas também fiquem de olho na própria saúde? Elas vão gostar!

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Aumento de Mamas Silicone Center


Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


    (Preencha, envie e aguarde a confirmação)


    Turbinar ou não turbinar

    Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

    Simulador de Próteses de Silicone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *