Pode colocar silicone depois de amamentar?

Para muitas mulheres que ficaram felizes com o aumento das mamas durante a gravidez, o sonho se desfaz logo após a amamentação. Os seios voltam ao tamanho anterior, causando uma certa frustração. Então, surge a pergunta: é possível colocar silicone depois de amamentar?

Se você também tem essa dúvida, continue a leitura! Vamos explicar se essa cirurgia é recomendada nesses casos e qual é o melhor momento para realizá-la. Confira!

A mulher pode colocar silicone depois de amamentar?

Antes de responder essa pergunta, é importante relembrar que o objetivo da mamoplastia de aumento é dar volume aos seios. Ela não corrige a flacidez nas mamas.

Em muitas mulheres, já acontece um aumento no volume da glândula mamária a partir da 20ª ou 22ª semana de gestação. Assim, elas ficam com as mamas maiores durante a gravidez e lactação.

Porém, depois que a mulher amamenta, os seios naturalmente voltam ao tamanho normal. Então, caso ela queira recuperar o volume, precisa fazer uma cirurgia plástica.

Por isso, se a mulher quer colocar silicone apenas para ficar com os seios grandes e bem preenchidos outra vez, esse é o procedimento adequado. O silicone aumentará suas mamas, e de forma definitiva!

No entanto, algumas mulheres não têm apenas o crescimento da glândula mamária. Por vários motivos, acontece um aumento de peso durante a gravidez.

Depois que o bebê nasce, algumas delas emagrecem e perdem o volume das mamas. Porém, além da redução do tamanho, também surge a flacidez nos seios.

Nesses casos, a mamoplastia de aumento não é a cirurgia indicada. Nesse procedimento, o médico não retira o excesso de pele, o que seria necessário para solucionar o problema da flacidez.

Qual é o melhor momento para colocar o silicone?

Mesmo depois que a mulher para de amamentar, seus seios levam um tempo para voltar ao normal. No entanto, esse período é variável, pois cada organismo tem um ritmo de resposta às mudanças hormonais.

Por isso, os médicos recomendam que a mulher comece o processo para colocar o silicone cerca de 6 meses após o fim da amamentação. Dessa forma, a avaliação das mamas será mais precisa e a cirurgia terá um resultado mais previsível.

Existem dois riscos em fazer a cirurgia logo após o fim da amamentação. O primeiro é a própria indicação do procedimento mais adequado.

Afinal, só depois que as mamas voltarem ao tamanho normal o médico poderá avaliar o grau de flacidez. Se ela for bem leve, talvez o silicone preencha o seio e resolva o problema.

Porém, se a flacidez for de grau moderado e acentuado, a prótese de silicone não é suficiente. Nesses casos, o cirurgião indicará o lifting de mamas.


Turbinar ou não turbinar

Outra questão importante é a sua satisfação com os resultados. O cirurgião sempre orienta a paciente para que ela coloque uma prótese que deixe seus seios proporcionais ao restante do corpo.

Se o médico faz essa avaliação logo após a amamentação, os seios ainda estarão volumosos. Assim, ele deve sugerir uma prótese menor e, depois que as mamas voltarem ao tamanho normal, o volume ficará aquém das suas expectativas.

Entendeu em que casos a mulher pode colocar silicone depois de amamentar e quando essa cirurgia não é recomendada? Quer saber a melhor indicação para o seu caso é a mamoplastia de aumento ou o lifting de mamas?

Então, não perca tempo! Entre em contato conosco agora mesmo e agende sua avaliação com nossa equipe!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Turbinar ou não turbinar

Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Simulador de Próteses de Silicone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *