Anticoncepcional faz mal? Sinais de que o corpo não está reagindo bem aos hormônios

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Você começou a tomar a pílula e de repente percebeu uma dor de cabeça, perda de libido… diante disso, ficou com a dúvida: será que o anticoncepcional faz mal?

Se você também tem dúvidas a este respeito, continue aqui. Neste post vamos conversar sobre este tema importantíssimo para a saúde da mulher.

Anticoncepcional faz mal?

Primeiro, precisamos lembrar que os anticoncepcionais são medicações que combinam um ou mais hormônios artificiais.

Então, por sua vez, eles alteram os padrões hormonais do organismo, bem como as variações normais em cada ciclo.

Embora os anticoncepcionais tenham evoluído bastante, essas alterações fazem o organismo funcionar de uma maneira diferente do que ele está programado para fazer, o que traz consequências.

Portanto, é importante você entender alguns dos impactos que o anticoncepcional causa no seu corpo e seus efeitos a curto e longo prazo.

Assim, conseguirá decidir se vale a pena aceitar esses efeitos negativos para evitar uma gravidez ou se prefere buscar outros métodos.

Quais são os sinais de que o anticoncepcional faz mal à sua saúde?

Para uma boa parte das mulheres, o anticoncepcional já demonstra que não está causando um impacto positivo pouco tempo após o início do uso.

Então, fique atenta para reconhecer alguns desses sinais de alerta:

1. Alterações no fluxo menstrual

Muitas mulheres têm um evento de escape entre os ciclos menstruais. Portanto, ocorre um sangramento antes da data prevista.

Esse sinal é mais comum quando a mulher toma anticoncepcionais com doses baixas. Afinal, eles deixam o revestimento do útero mais frágil.

Nesses casos, o médico pode propor a mudança para um anticoncepcional com dosagem mais elevada.

2. Perda de libido

Este é um problema bastante frequente. Afinal, muitas mulheres reclamam que, pouco depois de começarem a usar anticoncepcional, o desejo sexual desapareceu.

Isso acontece devido à redução na produção de testosterona. Então, como falamos, o corpo sofre uma alteração em seu funcionamento normal.

Como este efeito causa um impacto significativo nos relacionamentos, muitas mulheres desistem do anticoncepcional por este motivo.

3. Redução na lubrificação vaginal

Se a mulher já não sente mais o desejo de ter relações sexuais, a situação fica ainda pior quando os momentos de intimidade se tornam desconfortáveis.

Portanto, o relacionamento do casal fica prejudicado devido a outro efeito do anticoncepcional — a redução da lubrificação vaginal.

Assim, sem a lubrificação adequada, ocorre um atrito maior durante a relação, que se torna desconfortável e pode ser até mesmo dolorosa.

4. Inchaço e sensibilidade nas mamas

Para a maioria das mulheres, esse é um efeito transitório do uso de anticoncepcionais. Portanto, ele tende a passar.

Porém, é fato que os hormônios aumentam um pouco o tamanho das mamas, de forma temporária.

Mas o aumento não é só no tamanho. A sensibilidade também torna o contato com as roupas ou com o toque desconfortável.

5. Anticoncepcional faz mal ao sistema cardiovascular

Infelizmente, existem alguns impactos do anticoncepcional que podem trazer riscos significativos à saúde da mulher. Um deles é o risco cardiovascular.


Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Muitos estudos mostram a correlação entre o uso de anticoncepcionais e o aumento no risco de trombose venosa profunda.

Esse risco se torna ainda maior quando a mulher já apresenta outros fatores que contribuem para o surgimento do problema.

Assim, diagnósticos como diabetes, hipertensão arterial ou colesterol alto pedem uma avaliação mais criteriosa antes da indicação do anticoncepcional.

6. Diversos sintomas físicos

Não existe bem-estar pleno quando temos que lidar com dores ou outros sintomas físicos desagradáveis.

Porém, muitas mulheres que tomam anticoncepcional precisam lidar com esses incômodos todos os dias.

Enxaqueca, náuseas e dores abdominais estão entre esses sintomas. Portanto, é preciso ficar atenta para verificar a frequência em que ocorrem.

7. Aumento na quantidade de espinhas

Em alguns casos, o médico receita anticoncepcionais para mulheres que têm espinhas devido a problemas como a síndrome dos ovários policísticos (SOP).


Aumentar os Seios

Porém, quando a mulher não tem nenhuma alteração hormonal, o anticoncepcional interfere nesse equilíbrio e pode causar espinhas.

Então, as mulheres que utilizam a chamada mini pílula, composta só por progesterona, têm chances maiores de apresentar o problema.

Portanto, caso percebam esse sinal, elas devem procurar tanto o ginecologista quanto o dermatologista em busca de opções de tratamento.

8. Alterações no humor

Em nosso organismo, tudo funciona em equilíbrio. Portanto, o corpo produz quantidades exatas das substâncias que nós precisamos todos os dias.

Porém, quando aumentamos artificialmente a quantidade de uma substância, como no caso do anticoncepcional, isso pode aumentar ou reduzir a produção de outras. 

Uma dessas substâncias que o corpo pode reduzir a produção é a serotonina, um neurotransmissor que produz a sensação de bem-estar e melhora o humor.

No entanto, o uso prolongado de estrogênio e progestina diminuem a produção de serotonina, causando alterações no humor.

Assim, mulheres com predisposição à depressão podem aumentar o risco de desenvolver a doença quando usam anticoncepcionais.

Quais são as mulheres que não devem usar anticoncepcional?

Embora o anticoncepcional cause esses problemas, não podemos negar que ele traz benefícios, principalmente na prevenção de uma gravidez indesejada.

Por isso, embora cause essas alterações, o anticoncepcional é considerado seguro para a maioria das mulheres.

A pílula é fortemente contraindicada para mulheres com hipertensão arterial não tratada, fumantes e pessoas com histórico de doença cardíaca.

Também é preciso ficar atento quando a mulher apresenta enxaqueca com aura e tem histórico de câncer de mama ou de endométrio.

Então, nesses casos, o médico precisa fazer uma avaliação ainda mais criteriosa antes de decidir se prescreverá ou não o anticoncepcional.

Devo ou não tomar o anticoncepcional?

Em primeiro lugar, você deve ter em mente o fato de que está provocando uma alteração no funcionamento do seu organismo.

Porém, se você entende que essa alteração traz mais benefícios do que consequências negativas, pode tomar o anticoncepcional.

Afinal, para muitas mulheres, esses hormônios também trazem outros confortos, como redução dos sintomas da TPM e das cólicas.

No entanto, nunca decida sozinha qual anticoncepcional usar e compre de forma indiscriminada.

Vá ao médico, faça os exames que ele pedir e só depois de uma avaliação completa você deve tomar o anticoncepcional que ele prescrever.

Agora você já sabe se o anticoncepcional faz mal e quais são os cuidados antes de tomar hormônios.

Aqui no Silicone Center, nós entendemos a importância dos cuidados com a saúde da mulher e queremos ajudar você a manter-se linda e saudável.

Então siga nossos perfis no Facebook e Instagram para não perder outros conteúdos como esse.

Silicone Center - Logo

Idealizada por médicos especialistas em cirurgia plástica, o Silicone Center é uma Clínica de Cirurgia Plástica que facilita o acesso à mamoplastia de aumento e abre portas para que um maior número de mulheres possa se sentir bem com o próprio corpo.
Responsável Técnico: Dr Wagner Montenegro | CRM 51.769

Aumento de Mamas Silicone Center


Fale Conosco Pelo Whatsapp


Simulador de Próteses de Silicone Agendar Consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *