Quais são as possíveis causas de flacidez nas mamas?

Há mulheres que reclamam de terem seios muito pequenos, outras porque eles são grandes. Porém, é possível que a flacidez nas mamas seja a campeã em insatisfação. Afinal, ninguém quer ter os seios caídos!

Mas você sabe por que as mamas se tornam flácidas? Vamos falar aqui sobre algumas das possíveis causas desse problema. Ficou interessada? Então, continue a leitura!

Fatores intrínsecos para a flacidez nas mamas

A mama não é formada por músculos. Portanto, o único tipo de flacidez que pode acontecer nessa região do corpo é a tissular, ou seja, da pele.

Embora esse seja um problema comum, ele é dificílimo de tratar. Então, mesmo que seja possível melhorar a condição da pele, a reversão só é possível com a cirurgia.

Existem alguns fatores intrínsecos (internos) que causam a flacidez tissular. Um deles é a genética, pois sabe-se que ela influencia a qualidade da pele, sua elasticidade e o formato dos seios.

Porém, a genética influencia, mas não determina sozinha a flacidez. Outro fator intrínseco importante é o envelhecimento.


Aumentar os Seios

Afinal, com o passar do tempo, o organismo não consegue produzir e substituir as fibras de colágeno e elastina na mesma velocidade em que elas se degradam. O resultado é a perda de preenchimento e elasticidade, gerando a flacidez.

Fatores extrínsecos que causam flacidez

No entanto, não é justo culpar simplesmente os fatores intrínsecos. A verdade é que a maioria das pessoas acelera bastante esse processo de perda de colágeno por meio dos hábitos.

Tudo o que as pessoas fazem ou colocam em seu corpo e que prejudicam a elasticidade da pele são os fatores extrínsecos (externos) que causam o problema.

Entre esses fatores, podemos destacar uma alimentação desregrada, grandes oscilações no peso (efeito sanfona), exposição excessiva ao sol, baixa hidratação interna e externa, entre outros.

Ainda não podemos nos esquecer do hábito de fumar, que causa um efeito terrível. O cigarro prejudica a circulação, a distribuição de oxigênio e de nutrientes, envelhecendo toda a nossa a pele.

Prevenção e correção da flacidez nas mamas

Para prevenir a flacidez nas mamas, é preciso minimizar esses fatores ou evitá-los. Então, como ninguém consegue alterar sua genética ou fazer o tempo parar, o foco deve estar na adoção de hábitos saudáveis.

O cuidado com a pele deve ser diário, e tanto interno quanto externo. Assim, embora utilizar bons hidratantes seja importante, também é necessário cuidar bem da alimentação, usar protetor solar, tomar muita água, dormir bem e controlar o peso.

É válido destacar que a única solução para corrigir a flacidez nas mamas é cirúrgica. Depois que as fibras de colágeno e elastina se estendem mais que sua capacidade de retração, elas não voltam ao tamanho inicial.

Por isso, o único método para corrigir os seios caídos é uma cirurgia chamada de mastopexia. Nela, o médico retira os excessos de pele e remodela a mama, deixando-a firme outra vez.

A mamoplastia de aumento não é recomendada para corrigir a flacidez, pois não envolve a retirada do excesso de pele.


Silicone Center

Em alguns casos, o médico até recomenda a colocação de prótese, mas aliada à mastopexia, e não à mamoplastia. Assim, é possível corrigir a flacidez e aumentar o volume em um único procedimento.

Entendeu o que causa a flacidez nas mamas e que a cirurgia é a única possibilidade de correção? Gostou do post? Então, compartilhe com alguma amiga que também sofre com esse problema. Ela vai gostar!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


    (Preencha, envie e aguarde a confirmação)


    Turbinar ou não turbinar

    Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

    Simulador de Próteses de Silicone

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *