Prótese de Silicone, por cima ou por baixo do músculo? Entenda as diferenças!

4.3 (86%) 10 votes

A prótese de silicone, além de deixar os seios mais volumosos, também têm o poder de fazer com que as curvas do nosso corpo fiquem mais harmônicas e desenhadas. E, para isso, é preciso respeitar a sua silhueta.

Quando entramos nesse assunto, não é apenas o tipo de prótese de silicone que conta no resultado final. A forma como o silicone é colocado também faz a diferença para que a prótese preencha o tecido do colo e tenha mais sustentação no corpo.

Além disso, a técnica utilizada na cirurgia de silicone influencia na recuperação do pós-operatório e no toque dos seios. Parece um assunto muito complexo? Continue a leitura para entender mais sobre esse detalhe tão importante da cirurgia para colocar silicone nos seios!

 

Silicone por cima ou por baixo do músculo?

A cirurgia de prótese de silicone pode ser realizada com duas técnicas diferentes. Na primeira delas, o silicone é colocado por baixo do músculo peitoral. Na outra, a prótese é inserida acima do músculo.

Prótese de silicone por cima do músculo

A prótese de silicone por cima do músculo, ou subglandular, acontece quando a prótese é colocada logo abaixo das glândulas mamárias.
Essa é a técnica mais utilizada pelas clínicas de cirurgia plástica e, inclusive, a mais solicitada pelas pacientes. Isso porque ela funciona para todos os tipos de corpo e o resultado dá aquele aspecto de seios bem turbinados e com o colo marcado.
Além disso, a técnica subglandular costuma causar menos incômodo durante o pós-operatório da cirurgia de silicone porque o inchaço na região é menor.
A cirurgia com essa técnica, de uma forma geral, é mais tranquila, uma vez que há fácil acesso ao local onde a prótese de silicone vai ficar. O resultado é um procedimento mais rápido e com riscos bastante pequenos de alguma complicação, como a formação de hematomas.

Prótese de silicone por baixo do músculo

Também conhecida como submuscular, a técnica para colocar prótese de silicone por baixo do músculo costuma ser pouco utilizada.
Nela, a prótese de silicone é colocada entre os músculos da mama e a parede do tórax. Ela é indicada para quem quase não tem volume nos seios, uma vez que não há tecido suficiente para que o outro método seja usado.
Quando essa técnica é usada, a cirurgia dura mais tempo e o pós-operatório do silicone é mais dolorido.
Além disso, a prótese de silicone colocada dessa maneira tende a ficar muito mais imperceptível no colo, ou seja, sem aquele aspecto volumoso que tanto adoramos!

Outro ponto importante quando falamos das técnicas para colocar prótese de silicone está relacionado aos tipos de incisão. Mas esse é um assunto para outro artigo que você pode conferir aqui!

Finalizando:

Comente abaixo se tiver alguma dúvida, teremos prazer em lhe responder.

Gostou deste post ? Leia mais no Blog da Silicone Center sobre Mamoplastia de Aumento.

2 respostas para “Prótese de Silicone, por cima ou por baixo do músculo? Entenda as diferenças!”

  1. Meu médico me indicou mastopexia com prótese por baixo do músculo 340 ml mas quero que fique bem marcado agora estou em dúvida pois vi que não fica tão marcado por baixo ,agora por cima fica bem volumoso

    1. Olá, Katia. Como cada caso é um caso o ideal é que você tire essa dúvida com o seu médico, pois ele é a pessoa mais qualificada para escolher o melhor para o seu biotipo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *