Drenagem pós-operatório: é necessário?

O que é realmente essencial para a recuperação da paciente depois da mamoplastia de aumento? O sutiã pós-operatório e o repouso com certeza entram nessa lista, mas muitas mulheres ficam em dúvida se a drenagem pós-operatório é realmente necessária.

Se você também não tem certeza, mas acha importante ter uma resposta para se preparar adequadamente para a cirurgia, este post irá ajudá-la. Vamos falar sobre os benefícios da drenagem linfática e se ela é realmente indispensável.

Quais são os benefícios de fazer a drenagem durante o pós-operatório?

A drenagem linfática é indispensável depois de algumas cirurgias plásticas. Alguns exemplos são a lipoaspiração e a abdominoplastia, em que essa técnica não só reduz o inchaço, mas evita a formação de fibroses.

Porém, a drenagem pós-operatório também é indicada em outras cirurgias. A técnica facilita a eliminação de líquidos e reduz o inchaço. Por isso, também diminui a tensão sobre a cicatriz, evitando seu alargamento.

Ao reduzir o inchaço, a drenagem linfática também melhora o conforto da paciente após a cirurgia. Finalmente, a técnica diminui o processo inflamatório, acelerando a recuperação e retorno às atividades diárias.

A drenagem linfática é essencial após a mamoplastia de aumento?

Em outras cirurgias, como a abdominoplastia e a lipoaspiração, a drenagem pode ser responsável por cerca de 30% do resultado do procedimento.

No entanto, quando se trata da mamoplastia de aumento, esse não é um fator tão determinante em relação aos resultados. Assim, embora altamente recomendada por muitos médicos, não é essencial.

Além disso, também é importante destacar que a drenagem precisa ser feita por profissionais altamente qualificados. Só assim é possível garantir os benefícios dessa técnica após a cirurgia.

Também existem alguns casos em que o médico não indica a realização da drenagem linfática. Por isso, a melhor forma de se programar para um pós-operatório de sucesso é conversar com seu cirurgião e seguir as recomendações dele.

Quando começar as sessões de drenagem linfática?

Geralmente, a recomendação é de que as sessões de drenagem comecem de 48 até 72 horas após a cirurgia. Portanto, 2 ou 3 dias após o procedimento.

Além disso, a quantidade de sessões depende das necessidades de cada paciente. Para algumas, 10 sessões iniciais são suficientes, enquanto outras precisam prolongar o tratamento até o desaparecimento total do inchaço.

Como a drenagem linfática é feita no pós-operatório?

A drenagem pós-operatório não deve ser feita apenas no local da cirurgia. É muito importante estimular a circulação linfática geral e, portanto, a técnica precisa ser aplicada no corpo inteiro.

No entanto, na área operada, o trabalho precisa ser feito de forma mais detalhada. Principalmente no início, os movimentos devem ser lentos e delicados.


Simulador de Próteses de Silicone

Quando o profissional é capacitado, ele consegue fazer manobras precisas em pontos estratégicos sem pressionar os músculos.

Assim, ele estimula a mobilização do líquido presente nos vasos linfáticos sem causar desconforto ou dor à paciente e, principalmente, sem prejudicar sua recuperação.

Portanto, a drenagem pós-operatório precisa ser lenta e suave. Os movimentos direcionarão o líquido até os gânglios, para que posteriormente sejam eliminados através da urina.

Agora você já sabe qual é a importância da drenagem pós-operatório. Quer saber mais sobre a recuperação dessa cirurgia? Siga-nos no Facebook e Instagram para não perder nenhum dos nossos posts!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site do Silicone Center, preencha o formulário abaixo ou clique nas imagems abaixo e faça nosso teste e baixe nosso e-book grátis !!


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Turbinar ou não turbinar

Tudo o que você precisa saber sobre Próteses de Silicone

Simulador de Próteses de Silicone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *