Silicone de graça: essa opção existe? É segura?

Nos ajude e Avalie Este Post !

A mamoplastia de aumento é uma cirurgia estética. Como você deve saber, os planos de saúde geralmente não cobrem esse tipo de procedimento, que também não costuma ser oferecido pelo SUS. Por isso, preocupadas com os custos que a realização desse sonho pode ter, muitas mulheres buscam alternativas para colocar silicone de graça.

Será que isso é realmente possível? Em que situações uma mulher pode colocar silicone de graça? Essa alternativa é realmente segura e garante os resultados desejados? Ficou curiosa para saber as respostas? Então, continue a leitura!

Em que situações é possível colocar silicone de graça?

Consultas, exames, procedimentos médicos em geral, internações e intervenções cirúrgicas geram custos. Eles acontecem em um local estruturado para isso, necessitam de equipamentos específicos e do trabalho de diversos profissionais. Isso também ocorre com a cirurgia para colocar silicone.

O que acontece, em alguns casos, é que o custo da cirurgia é coberto por planos de saúde ou pelo SUS. Assim, a paciente beneficiada não tem nenhuma despesa com o procedimento. Afinal, uma empresa ou o próprio governo arcam com esse pagamento. Ele não acontece “de graça”.

No entanto, isso só acontece em situações muito específicas. Um exemplo é a reconstrução do volume das mamas depois de um tratamento de câncer. A lei entende que esse tipo de procedimento não é estético, mas reparador.

Portanto, pelo fato de a reconstrução ser considerada uma parte essencial para o tratamento e cura do câncer de mama, tanto o SUS quanto os convênios médicos são obrigados a cobrir o valor do procedimento.

Outras pacientes podem colocar silicone de graça?

É improvável que surjam oportunidades para uma paciente colocar silicone de graça. Afinal, trata-se de uma cirurgia estética.

A realização de uma cirurgia plástica envolve uma série de custos. Normalmente, os médicos cobram um valor suficiente para cobrir as despesas com o procedimento e os honorários dos profissionais envolvidos.  Saiba quais são eles.

Custos de uma mamoplastia de aumento

Honorários médicos

Não existe um valor fixo para cada tipo de cirurgia, mas o médico pode estabelecer seus honorários desde que ele respeite a ética médica e normas da junta responsável.

Honorários do  anestesista

Durante toda a cirurgia, outro médico especialista em anestesia fica ao lado da paciente. Ele tem a função de aplicar a sedação, o medicamento anestésico e monitorar os sinais vitais.

Instrumentador cirúrgico

Esse é o profissional que prepara o ambiente operatório, monta e desmonta os equipamentos antes e depois da cirurgia. Além disso, durante o procedimento ele fornece instrumentos aos médicos e enfermeiros e realiza a assepsia dos materiais utilizados.

Equipe de enfermagem

Enfermeiros, técnicos e auxiliares dão suporte ao médico durante o procedimento. Eles também cuidam do conforto da paciente enquanto ela permanece na clínica.

Próteses de silicone

Os implantes também têm um custo. O preço deles varia, de acordo com a marca escolhida.

Internação

Para realizar a cirurgia, a paciente precisará ser internada em uma clínica ou hospital. Essas instituições cobram tanto pelo uso do centro cirúrgico quanto pelo período que a paciente permanece no quarto. O preço da diária varia bastante de acordo com o local e os serviços oferecidos.

Além disso, elas cobram por medicamentos utilizados, pela entrada de materiais (próteses) no centro cirúrgico, gazes, curativos e outros itens semelhantes. Assim, todos esses custos são somados ao valor da internação.

Portanto, a cirurgia para colocar silicone envolve uma série de custos. Por isso, é natural que as instituições e profissionais que prestam esse serviço estabeleçam um preço para cobrir as despesas, oferecer a estrutura necessária e remunerar a equipe.

Que cuidados são necessários ao colocar silicone?

Hoje em dia já existem clínicas que oferecem cirurgias para colocar prótese de silicone a preços acessíveis e com o pagamento facilitado. Porém, antes de fechar o contrato é preciso avaliar a qualidade que a instituição pode oferecer.

Conheça alguns critérios essenciais para realizar essa avaliação:

1. Exija segurança

Segurança é prioridade quando se fala de qualquer procedimento na área de saúde. Por essa razão, é importante conhecer as instalações da clínica, principalmente o centro cirúrgico.

Higiene é fundamental. Então, observe se o ambiente está perfeitamente limpo. Esse é um bom indicador de que existe um cuidado com o bem-estar das pacientes.

Porém, mais importante que a aparência de uma clínica é o conjunto de equipamentos que ela possui. O centro cirúrgico, por exemplo, deve ser completamente equipado.

Além disso, a clínica precisa ter UTI. Embora a mamoplastia de aumento seja uma cirurgia simples, é importante que o ambiente tenha todos os equipamentos necessários para o atendimento em situações emergenciais.

2. Conheça os cirurgiões

O fato de realizar a cirurgia com profissionais experientes garante a segurança das pacientes. É importante que você se sinta livre para conversar abertamente sobre suas expectativas durante a consulta, tirar todas as suas dúvidas e entender as indicações que o cirurgião faz (tamanho e modelo da prótese, técnica utilizada etc).

3. Pesquise a opinião de outras pacientes

Com a internet, qualquer mulher tem acesso a informações sobre as clínicas de cirurgia plástica. Em sites e grupos formados em redes sociais, pacientes que já passaram pelo procedimento avaliam o atendimento que receberam e podem dar uma boa ideia do que você pode esperar.

Portanto, o preço não pode ser o único critério para escolher o local ideal para a sua mamoplastia de aumento. Lembre-se de que a segurança vem em primeiro lugar e dificilmente uma instituição conseguirá oferecer tudo que a paciente precisa por um valor muito abaixo da média do mercado.

E então, como você pode perceber, os custos relacionados à cirurgia fazem com que dificilmente uma paciente consiga colocar silicone de graça, exceto nos casos específicos que comentamos. Ainda ficou com dúvidas a respeito desse assunto? Faça sua pergunta nos comentários e teremos o prazer de responder.

Quer dar um turbinada nos seus seios ? Acesse já o site da Silicone Center ou clique na imagem e faça o teste abaixo !


Turbinar ou Não Turbinar ?

2 respostas para “Silicone de graça: essa opção existe? É segura?”

  1. Gostaria muito de por silicone nos seios porém tem seus riscos
    Várias mulheres comentam q apos um tempo com a prótese vem as doenças alto imuno etc…
    Por esse motivo estou com receio de por.
    Meu sonho des de adolescente é ter seios “grandes” estou analisando ainda os riscos!

    1. Olá, Joice. Tudo bem? Sabemos o quanto é importante se sentir segura na hora de realizar qualquer procedimento cirúrgico, especialmente a colocação de uma prótese de silicone. Por isso, é fundamental procurar sempre uma boa clínica e um médico altamente qualificado, para que você possa tirar todas as suas dúvida e se sentir confortável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *